Chile: mais igrejas incendiadas durante a visita do papa

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Com Francisco ou fora da Igreja. O duro desabafo do presidente da CEI

    LER MAIS
  • Núcleo de pesquisa da USP publica nota sobre criacionismo defendido por novo Presidente da CAPES

    LER MAIS
  • A nova teologia do Ecoceno. Entrevista com Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

17 Janeiro 2018

Sobe para nove o número de edifícios religiosos atacados por ocasião da visita de Francisco.

A reportagem é do sítio Lettera 43, 16-01-2018. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Mais três igrejas católicas foram incendiadas na noite dessa segunda-feira, 15, no Chile, nas horas que se seguiram à chegada do papa. Os ataques ocorrem poucos dias depois da primeira série de casos que haviam envolvido diversas áreas da capital, Santiago.

Duas igrejas atacadas se localizam em Cunco, localidade a 700 km de Santiago, na região de Araucania, que Francisco visitará nesta quarta-feira, 17 de janeiro. De acordo com fontes dos bombeiros, as duas igrejas foram destruídas simultaneamente. O outro incêndio afetou a Paróquia Mãe da Divina Providência, em Puente Alto, na periferia de Santiago. Ao todo, são nove as igrejas atacadas nestes dias.

Quanto à Paróquia Mãe da Divina Providência, de acordo com testemunhos ouvidos entre os vizinhos, um grupo de cinco pessoas lançou coquetéis molotov contra a porta da igreja, e as bandeiras do Chile e do Vaticano também foram queimadas.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chile: mais igrejas incendiadas durante a visita do papa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV