Peru. Papa visita país após indulto a Fujimori

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Vozes que nos desafiam. Celebração da Festa de Santa Maria Madalena

    LER MAIS
  • Direita cristã é o novo ator e líder do neoconservadorismo no País

    LER MAIS
  • Há fome no Brasil: 3 dados alarmantes que Bolsonaro deveria conhecer

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Lara Ely | 11 Janeiro 2018

Quando chegar ao Peru, na próxima semana, o Papa Francisco encontrará um país impactado por recentes movimentações estratégicas da política nacional. Em especial, o indulto concedido ao ex-presidente Alberto Fujimori pelo atual líder do governo Pedro Pablo Kuczynski.

Início do ano, com a iminência da visita do Papa,  parece um momento propício para conceder perdão a crimes contra a humanidade e corrupção, mas segundo a imprensa local, o presidente peruano Kuczynski teria oferecido o perdão a Fujimori para que seu filho, o deputado Kenji Fujimori, e outros nove deputados se abstivessem na votação que rejeitou seu impeachment, na última sexta-feira (22).

Recentemente, Fujimori usou o Twitter para refletir sobre o novo capítulo de sua vida, após passar uma década na prisão. "Estou constantemente tomado por sonhos e quero compartilhá-los", disse Fujimori, descrevendo uma nação livre de ressentimentos. As recentes declarações na rede social foram os primeiros sinais de que Fujimori pode ter um papel mais ativo na política peruana, e potencialmente irá apoiar o presidente Kuczynski, após uma série de turbulências políticas que abalaram o seu governo de centro-direita.

É nesse contexto que o Papa chega ao país, no próximo dia 19, após passar quatro dias no Chile. Iniciando por Lima, Francisco passará por Puerto Maldonado, Trujillo e Lima.  

Sexta-feira, 19: Puerto Maldonado 
o dia começa bem cedo, com o encontro com as autoridades, a sociedade civil e o corpo diplomático, seguido da visita de cortesia ao presidente do país. Às 10h, depois de 2 horas de voo, um dos eventos mais aguardados da viagem: o encontro no Coliseu Regional Madre de Dios com os povos da Amazônia, na cidade fronteiriça de Puerto Maldonado e com a população local, além de uma visita à casa infantil Principito. Retornando a Lima, Francisco terá um encontro privado com os membros da Companhia de Jesus na Igreja de São Pedro, último compromisso do dia.

Sábado, 20 de janeiro: Trujillo
Sábado, 20 de janeiro, Francisco faz outro voo, de 1h30, até a cidade de Trujillo, onde preside a missa na esplanada costeira de Huanchaco, faz uma volta em papamóvel pelo bairro “Buenos Aires” e visita a Catedral. Estão previstos ainda um encontro com os sacerdotes, religiosos e seminaristas no Colégio Seminário SS. Carlos y Marcelo e uma celebração mariana na Praça das Armas, antes de retornar para a capital.

Domingo, 21 de janeiro: Lima
Domingo,21, último dia da viagem, o Papa rezará a oração da Hora Média com religiosas de vida contemplativa no Santuário do Senhor dos Milagres na catedral de Lima, fará uma oração junto às relíquias dos santos peruanos. No final da manhã terá um encontro com os bispos no Palácio Arquiepiscopal e rezará o Angelus na Praça das Armas. O almoço com a comitiva será na Nunciatura. À tarde, a última missa do Papa no Peru, na Base Aérea “Las Palmas”, de onde segue para o aeroporto e parte para Roma. A chegada está prevista para segunda-feira, 22 de janeiro, no aeroporto romano de Ciampino. 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Peru. Papa visita país após indulto a Fujimori - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV