Ex-médico torna-se arcebispo de Paris

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolívia. “O elemento central da derrubada de Evo Morales não é a direita, mas o levante popular”. Entrevista com Fabio Luís Barbosa dos Santos

    LER MAIS
  • Finanças do Vaticano, o jesuíta espanhol Juan Antonio Guerrero é o novo prefeito

    LER MAIS
  • Representante do Papa participa de Encontro "Economia de Francisco" na PUC-SP

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

08 Dezembro 2017

É Dom Michel Aupetit, até agora bispo de Nanterre, o novo arcebispo metropolitano de Paris, que sucede ao cardeal André Vingt-Trois, que deixa o cargo por ter alcançado o limite de idade. O anúncio foi feito pela Radio Vaticana.

A reportagem é de Andrea Tornielli, publicada no sítio Vatican Insider, 07-12-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Nascido em 23 de março de 1951 em Versalhes, na diocese homônima, Aupetit se formou em medicina em 1978 na Universidade de Créteil. Exerceu a profissão médica em Colombes, na periferia norte de Paris, por 12 anos. Especializou-se em bioética médica e também ensinou essa matéria no Hospital Henri Mondor de Créteil.

Em 1990, entrou no seminário para a formação sacerdotal, concluído com o bacharelado em teologia. Foi ordenado sacerdote em 24 de junho de 1995 pela arquidiocese de Paris.

Após da ordenação, ocupou os seguintes cargos ministeriais: vigário da paróquia Saint-Paul-Saint-Louis e capelão dos liceus do bairro de Marais: François Couperin, Charlemagne et Saint-Germain, Victor Hugo (1995-2001); pároco de Notre-Dame de l'Arche d'Alliance (2001-2006); decano do decanato Pasteur-Vaugirard (2004-2006); vigário geral de Paris e membro do Conselho Presbiteral (2006-2013).

Nomeado bispo titular de Massita e auxiliar de Paris em 2 de fevereiro de 2013 e consagrado em 19 de abril seguinte, foi transferido em 4 de abril de 2014 para a sede episcopal de Nanterre. Dentro da Conferência Episcopal Francesa, é presidente do Conselho “Família e Sociedade” e membro do grupo de trabalho “Bioética”.

Aqueles que o conhecem descrevem-no como um homem jovial e concreto, que não deixa de se posicionar e de levar a termo os projetos iniciados. Era o candidato preferido do cardeal cessante, Vingt-Trois, que, assim que tomou posse da diocese parisiense, o quis como seu vigário geral. Em seguida, o nomeara seu auxiliar, mas, depois de apenas um ano, consentiu com a sua transferência como bispo de Nanterre. Uma posição a partir da qual foi mais fácil para ele voltar a Paris para liderar a diocese.

A nomeação do cardeal Vingt-Trois como arcebispo de Paris, em 2005, foi uma das últimas e mais importantes do Papa Wojtyla, que, a partir do Policlínico Gemelli, havia consentido com a nomeação que lhe foi solicitada pelo cardeal Jean-Marie Lustiger. Vingt-Trois havia sido auxiliar de Lustiger por uma década antes de ser transferido para Tours em 1999.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ex-médico torna-se arcebispo de Paris - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV