Desastres naturais causaram prejuízos de US$ 42 bilhões no primeiro semestre, diz estudo

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Área de pasto cresceu 200% na Amazônia nos últimos 36 anos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


31 Julho 2019

Catástrofes naturais parcialmente vinculadas ao aquecimento global provocaram mais prejuízo no primeiro semestre de 2019 que no mesmo período do ano anterior, diz seguradora.

A informação é publicada por G1, 30-07-2019.

As catástrofes naturais causaram mais prejuízos no primeiro semestre de 2019 que no mesmo período do ano passado, e estão parcialmente vinculadas ao aquecimento global, segundo relatório publicado nesta terça-feira pela seguradora alemã Munich Re.

"Está cientificamente provado que as ondas de calor, bem como as tempestades de granizo, estão aumentando devido às mudanças climáticas", declarou Ernst Rauch, climatologista da Munich Re.

Entre janeiro e junho, os danos materiais a nível mundial chegaram a cerca de 42 bilhões de dólares em 370 grandes desastres naturais ocorridos no mundo todo.

O balanço é superior aos 33 bilhões de dólares dos primeiros seis meses do ano passado, mas muito menor que a média de 69 bilhões nos últimos 30 anos.

As perdas humanas provocadas por essas catástrofes naturais chegam a 4.200 mortos, cem a menos que entre janeiro e junho de 2018, e muito menos que a média dos últimos 30 anos, de 27.000 mortes.

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desastres naturais causaram prejuízos de US$ 42 bilhões no primeiro semestre, diz estudo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV