Williamson, ex-bispo lefebvriano, deve consagrar bispo(s), inclusive no Brasil

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • O testamento de Dom Jacques Noyer, bispo francês. “O celibato eclesiástico é uma falsa aventura”

    LER MAIS
  • Uma heresia pós-moderna: o uso distorcido da religião para sustentar teorias da conspiração

    LER MAIS
  • As grandes mulheres por trás das vacinas contra o Covid

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


18 Março 2015

Era apenas uma questão de tempo. Desde que Dom Richard Williamson acabou fazendo com que a Fraternidade Sacerdotal São Pio XFSSPX forçasse a sua expulsão dela em 2012, a atenção tem estado focada nele, em que consagraria um ou mais bispos. Isto se tornou ainda mais inevitável na medida em que ele não teve sucesso em recrutar um número significativo de padres ou fiéis da própria FSSPX numa, assim-chamada, tentativa de “resistência”.

A reportagem foi publicada pelo blog Rorate Caeli, 16-03-2015.

O blog Rorate pode, agora, informar que, pelo menos, uma consagração irá ocorrer no dia 19 de março (Festa de São José).

De acordo com as nossas fontes, Dom Williamson planeja consagrar o Pe. Jean-Michel Faure no mosteiro de Santa Cruz (que também rompeu com a FSSPX em 2012) em Nova Friburgo, Rio de Janeiro.

O Pe. Faure, de 73 anos, entrou para o seminário da Fraternidade Sacerdotal de Ecône, na Suíça, em 1972, e foi ordenado sacerdote por Dom Marcel Lefebvre, em 1977.

Faure foi Superior Geral do Distrito da América do Sul para a FSSPX e Reitor do Seminário de La Reja, na Argentina. Ele abertamente manifestou a sua divergência com Dom Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal, e abandonou o grupo em 2013.

Ouvimos falar também, porém sem confirmação ainda, que Dom Williamson pode igualmente consagrar o Pe. Innocent Marie.

Padre Marie foi ordenado em Ecône por Dom Lefebvre em 1982. Fundou o convento de Avrillé, na França, de espiritualidade dominicana, que também recentemente rompeu os laços com a FSSPX.

Observe que a FSSPX não tem, absoluta e completamente, nenhuma relação com quaisquer atividades de Williamson desde a sua saída em 2012.

As sanções eventualmente relacionadas às consagrações de 1988 para com aqueles que, na ocasião, eram os quatro bispos da FSSPX (atualmente apenas três, depois da expulsão de Williamson) foram suspensas pela Santa Sé em 21 de janeiro de 2009, por ordem do Papa Bento XVI. Na verdade, foi a inclusão específica de Williamson na lista daqueles cujas penas foram suspendidas que acabou causando grande angústia e dor a Bento XVI.

Agora, no caso de violação dos Cânones 1013 e 1382 do Código de Direito Canônico, uma nova pena de excomunhão irá cair sobre Williamson (dizemos simplesmente Williamson, que não mais é membro da FSSPX) e sobre os sacerdotes que ele consagrar.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Williamson, ex-bispo lefebvriano, deve consagrar bispo(s), inclusive no Brasil - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV