Nigéria. Jesuíta sequestrado na terça-feira passada é libertado

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que muda (para pior) no financiamento do SUS

    LER MAIS
  • Ou isto, ou aquilo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia aumenta 212% em outubro deste ano, aponta Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

25 Abril 2017

O jesuíta Samuel Okwuidegbe, 50 anos, sequestrado na terça-feira, 18 de abril, foi libertado, de acordo com o jornal La Croix. O sacerdote, com dois de seus colaboradores, tinha sido raptado por criminosos no sul da Nigéria, na estrada que liga Benin City a Onitsha.

A nota foi publicada por Il Sismografo, 24-04-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

De acordo com o La Croix, o Pe. Okwuidegbe estava a caminho para conduzir um retiro espiritual a cerca de 150 quilômetros do centro dirigido por ele, onde ele mora com três coirmãos. O seu carro tinha sido reencontrado pela polícia, que continua as buscas.

“Neste momento, não temos muitos detalhes. É a primeira vez em vários anos que um sacerdote da nossa Companhia de Jesus é vítima de um sequestro na região”, indicaram fontes do Secretariado Regional dos jesuítas para a África e Madagascar.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nigéria. Jesuíta sequestrado na terça-feira passada é libertado - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV