O cardeal Cipriani perde o controle da Universidade Católica Peruana

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Como a ciência defende a floresta. Entrevista com Carlos Afonso Nobre

    LER MAIS
  • Santa Irmã Dulce, a ''Madre Teresa brasileira''. Bolsonaro ausente

    LER MAIS
  • “A ética do cuidado é um contrapeso ao neoliberalismo”. Entrevista com Helen Kohlen

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Agosto 2016

Após uma longa luta civil e canônica, o cardeal Cipriani, arcebispo do Peru, acaba de perder o controle da Pontifícia Universidade Católica Peruana (PUCP). Por ordem direta do Papa e por meio de um comunicado do Secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, o Vaticano nomeia cinco bispos para que passem a integrar o órgão máximo de Governo do centro educacional.

A reportagem é de José María Vidal, publicada por Religión Digital, 13-08-2016. A tradução é de André Langer.

Trata-se de bispos pertencentes ao setor moderado e ‘franciscano’ do episcopado peruano. São eles: Salvador Piñeiro, presidente da Conferência Episcopal, Miguel Cabrejos, Pedro Barreto, Norberto Strotmann e Gaetano Galbusera.

Este é o comunicado publicado na página da internet da PUCP:

Por decisão do Santo Padre, comunicada pelo Cardeal Pietro Parolin à Conferência Episcopal Peruana, bispos voltam a participar do órgão máximo de Governo da PUCP.

No dia de hoje, os senhores bispos eleitos pelo Conselho Permanente da Conferência Episcopal Peruana visitaram o reitorado da Universidade para comunicar-lhe a decisão de Sua Santidade, o Papa Francisco, para que participem das reuniões da Assembleia Universitária.

A disposição da Santa Sé foi transmitida ao Presidente da Conferência Episcopal Peruana, dom Salvador Piñeiro, pelo cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado Vaticano. Os cinco bispos que fazem parte da Assembleia Universitária da PUCP são: Salvador Piñeiro, Miguel Cabrejos OFM, Pedro Barreto SJ, Norberto Strotmann MSC e Gaetano Galbusera SDB.

Um longo contencioso

A decisão do Papa põe fim a um longo contencioso entre a Universidade e Cipriani, que chegou ao seu ponto culminante em 2012, quando, por decisão do então Secretário de Estado, o cardeal Bertone, em comandita com o cardeal Cipriani, a PUCP perdia seu caráter de “Pontifícia” e de “Católica”.

Em 2014, Francisco nomeou uma comissão cardinalícia, integrada pelo cardeal Lacroix, de Québec, pelo cardeal Ezzati, de Santiago do Chile, e pelo cardeal Erdö, de Budapeste, para “encontrar uma solução consensuada e definitiva”.

A solução chega agora e põe fim a anos de sofrimento por parte das autoridades acadêmicas, especialmente de seu Reitor, o ex-ministro Marcial Rubio.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O cardeal Cipriani perde o controle da Universidade Católica Peruana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV