'Fioretti' segundo Ernesto Cardenal

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Vejo um novo comunismo, distante do comunismo histórico, brotar do vírus”. Entrevista com Slavoj Žižek

    LER MAIS
  • Um tempo de grande incerteza. Entrevista com o papa Francisco

    LER MAIS
  • “Bolsonaro se acha capaz de esconder os corpos”. Entrevista com Vladimir Safatle

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Jonas | 11 Abril 2013

O poeta nicaraguense Ernesto Cardenal disse que “parece que um escritor de ficção científica escreveu um conto extravagante em que, por um desarranjo da máquina do tempo, São Francisco no século XXI é eleito papa”, ao mencionar, pela primeira, o papa Francisco (foto).

A reportagem é publicada no sítio Religión Digital, 11-04-2013. A tradução é do Cepat.

O poeta e sacerdote, artista multifacetado e promotor da Teologia da Libertação, disse numa declaração escrita, enviada à agência Efe, que “as novas Florezinhas que nos são relatadas a cada dia, muito divertidas, de São Francisco de Assis eleito Papa, oferecem-nos a sensação de que o Vaticano ficou louco”.

“Seria assim se São Francisco tivesse sido eleito Papa, ou é como se Jesus chegasse ao Vaticano”, ponderou Cardenal, que chegou a ser ministro da Cultura no Governo sandinista, que conduziu seu país entre 1979 e 1987.

Como ministro da Cultura, recebeu a admoestação pública do falecido papa João Paulo II, em março de 1983, quando visitou a Nicarágua, por misturar a religião com a revolução sandinista, e a sua imagem, em que está ajoelhado em frente ao Pontífice, quando o repreendia, percorreu o mundo.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

'Fioretti' segundo Ernesto Cardenal - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV