22 de julho de 1922:Inácio de Loyola é declarado patrono do Exercícios

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • Os bispos alemães enfrentam o Vaticano e seguem com seu sínodo

    LER MAIS
  • “Existe uma luta política na Igreja, entre os que querem a Igreja sonhada pelo Vaticano II e os que não” constata Arturo Sosa, superior-geral dos jesuítas

    LER MAIS
  • Os 5 principais países, além dos EUA, que mais tecem críticas ao Papa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Julho 2014

No dia 26 de julho de 1922 o Papa Pio XI declarou Santo Inácio como o patrono dos Exercícios Espirituais. Na encíclica “Mens Nostra”, publicada nove anos depois, no 50º aniversário de sua ordenação ao sacerdócio, Pio XI faria referências às “graças celestes e as consolações indizíveis que tantas vezes experimentamos ao fazer os Exercícios Espirituais”, com o que incentivou o apostolado, leigos e religiosos a realizar os Exercícios.

A reportagem foi publicada por Jesuit Restoration 1814, 26-07-2014. A tradução é de Isaque Gomes Correa.

O pontífice lembrou que muitos dos frutos de seu sacerdócio vieram dos retiros espirituais, que o capacitaram a conhecer a vontade divina e a realizá-la. Concluiu dizendo que uma fonte especial para a salvação eterna das almas está presente nos Exercícios Espirituais.

“Ora, é sabido que entre todos os métodos de Exercícios Espirituais, fundados louvavelmente nos princípios de uma ascética sã e católica, houve um que se avantajou entre todos os mais, foi enriquecido com plenas e repetidas aprovações da Santa Sé, recebeu os elogios de varões exímios pela doutrina espiritual e santidade, e obteve, quase pelo espaço de quatro séculos, grandes frutos de santidade. Referimo-nos ao método, introduzido por Santo Inácio de Loyola, a quem nos apraz chamar o mestre principal e especializado nos Santos Exercícios, cujo ‘admirável livro dos Exercícios’, pequeno no tamanho mas cheio de sabedoria celeste, foi solenemente aprovado, louvado e recomendado pelo Nosso predecessor de boa memória Paulo III.”

O Papa Pio XI reinou durante 17 anos até a sua morte, em 1939. Foi o primeiro soberano da cidade do Vaticano. Alpinista experiente, foi pioneiro de muitas rotas nos Picos Alpinos e, depois, em sua homenagem estes receberam seu nome. O seu legado como papa que atuou entre as duas guerras mundiais inclui a refundação da Pontifícia Academia de Ciências em 1936, o início da Rádio do Vaticano, a qual confiou à Companhia de Jesus; é de se citar também suas inúmeras encíclicas, como a “Quadragesimo Anno” sobre o 40º aniversário da encíclica social inovadora do Papa Leão XIII  “Rerum Novarum”, que ressaltava a ganância capitalista pelas finanças internacionais e questões de justiça social, além da “Quas Primas”, com o que estabeleceu a festa de Cristo Rei.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

22 de julho de 1922:Inácio de Loyola é declarado patrono do Exercícios - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV