8 de maio de 1758 – Primeiro dia da última Congregação Geral antes da supressão dos jesuítas

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolsonaro é retratado como criminoso de guerra em vídeo sobre Amazônia

    LER MAIS
  • É desumano continuar a morrer sozinhos. E não digam que não poderia ter sido feito de outra forma

    LER MAIS
  • Posição da Associação Médica Brasileira sobre COVID-19 e Vacinação

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


15 Mai 2014

Além da eleição do Pe. Lorenzo Ricci como superior-geral da Companhia de Jesus, importantes decretos foram deliberados durante a 19ª Congregação Geral.

A nota é publicada por Jesuit Restoration 1814, 08-05-2014. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

A 19ª Congregação Geral foi convocada para 8 de maio de 1758 por Antonio Timoni, vigário-geral da Companhia depois da morte do superior-geral, Pe. Centurione. Esse dia marcou o primeiro dia de deliberações e de oração dos padres reunidos em uma assembleia que iria eleger Lorenzo Ricci como superior-geral.

Quase todos os provinciais, vice-provinciais e eleitores estavam presentes, com exceção do provincial da Sardenha (que chegou atrasado) e o representante da Áustria que ficou imobilizado em Loreto por motivo de uma doença grave, da qual ele viria a morrer.

A Congregação emitiria 12 decretos. A maioria deles tinha a ver com o funcionamento e os procedimentos da Congregação Geral. O Pe. Ricci foi eleito em 21 de maio, festa da Santíssima Trindade, com mais da metade dos votos recebidos no segundo escrutínio.

Além do decreto 2, que pronunciou Ricci como superior-geral, mais dois decretos podem ser considerados de interesse histórico. O decreto 7 falava da promoção de casas professas. As casas professas, cujos membros são todos aqueles que professaram os quatro votos, não estão autorizadas a receber qualquer renda fixa, nem a cobrar por seus ministérios. Elas dependem exclusivamente da generosidade dos benfeitores. Houve um apelo de uma província para mudar uma casa professa por uma residência, por causa da total falta de esmolas, devido às condições de guerra. A Congregação deu permissão ao superior-geral para conceder isso, mas apenas em necessidade imediata, concordando que era importante promovê-las e mantê-las na medida do possível.

Outro decreto de interesse foi o 11, que salientou que a virtude deve ser colocada acima da aprendizagem e que o bem da Companhia dependeria de zelo pelas coisas espirituais. Que os superiores devem estar sempre atentos à honra e à boa reputação da Companhia, mas, se Deus permitir momentos de adversidade sobre ela, os jesuítas devem se apegar a Ele com coração sincero e puro. Esse decreto antecipou e talvez sentiu a tempestade que estava se formando contra a Companhia. Um ano depois, houve a expulsão dos jesuítas de Portugal, a primeira primeira peça do dominó a cair, levando à supressão.

Veja também:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

8 de maio de 1758 – Primeiro dia da última Congregação Geral antes da supressão dos jesuítas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV