O mundo se preocupa com a mudança climática

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, a reforma da Igreja e o próximo pontificado

    LER MAIS
  • Vivemos uma ‘psicopatia difusa’ na política brasileira, diz psicanalista

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

03 Setembro 2015

Co-iniciada pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a maior consulta sobre alterações climáticas e energia ouviu 10 mil pessoas ao redor do mundo.

Uma pesquisa, chamada de Ampla Visão Mundial sobre Alterações Climáticas e Energia, mostrou que quase 80% dos 10 mil entrevistados estão preocupados com a mudança climática, sendo que duas a cada três pessoas entendem que essa é uma oportunidade para melhorar sua qualidade de vida.

A reportagem foi publicada originalmente por ONU Brasil, 01-09-2015.

No projeto, co-iniciado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a World Wide Views Alliance realizou uma consulta global interrogando cidadãos sobre as alterações climáticas e energia. Dez mil pessoas de 76 países foram questionadas sobre o quão longe iriam para promover a transição energética e combater a mudança climática. Elas participaram de reuniões de um dia inteiro e debates onde foram convidadas a expressar suas opiniões sobre temas como gases de efeito estufa, financiamento das alterações climáticas e soluções.

A consulta também aponta que 68% dos cidadãos globais acham que um acordo em Paris, durante a Conferência sobre Mudança Climática em dezembro, deve incluir uma meta global de longo prazo para chegar a zero emissões de gases de efeito estufa no final do século e que seja juridicamente vinculativo para todos os países em desenvolvimento e desenvolvidos que todos estejam no mesmo nível.

Além disso, 79% acham que os países de alta renda devem pagar mais do que os já acordados 100 bilhões de dólares anuais até 2020 para mitigação e adaptação em países de renda baixa, e consideram que o seu país deve tomar medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, mesmo que muitos outros países não o façam.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O mundo se preocupa com a mudança climática - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV