Homossexualidade e misericórdia. Comentário de Vito Mancuso

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • A sombra tenebrosa do bolsonarismo. Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS
  • Uma contribuição para uma teologia do sacerdócio a partir da tradição afonsina

    LER MAIS
  • A metáfora empregada pelo professor Anselm Jappe, no Ciclo de Estudos Decálogo do Fim do Mundo, evidencia a sanha destruidora de uma sociedade capitalista que pode sentenciar seu próprio fim

    “Estamos num barco sem combustível e arrancando madeiras do casco para alimentar as caldeiras”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Março 2021

 

Papa Francisco sempre insiste na misericórdia, mas que misericórdia receberam os homossexuais da 'sua' Igreja poucos dias atrás? Pela Congregação para a Doutrina da Fé, em perfeita concordância com o Papa, foi-lhes negada até a possibilidade de receber uma simples bênção sobre o seu amor. Aquela Igreja que abençoa animais, carros, armas e, em tempos nem tão distantes até guerras, hoje declara às pessoas homossexuais fiéis que não são dignas de uma bênção sobre seu amor”, escreve Vito Mancuso, filósofo e teólogo italiano, em comentários publicados no seu Facebook, 18 e 19-03-2021. A tradução é de Luisa Rabolini.

Eis o comentário.

Gay significa alegre, jovial. Há algumas décadas, os homossexuais passaram a se chamar assim para declarar que assumiram sua condição e estão felizes com isso; e agora eles querem que todos os reconheçam pelo que são. No entanto, existem outros homossexuais que não são 'gays' de forma alguma, porque ainda estão em conflito com sua condição; muitos deles fazem parte do clero.

A propósito de clero: Papa Francisco sempre insiste na misericórdia, mas que misericórdia receberam os homossexuais da 'sua' Igreja poucos dias atrás? Pela Congregação para a Doutrina da Fé, em perfeita concordância com o Papa, foi-lhes negada até a possibilidade de receber uma simples bênção sobre o seu amor. Aquela Igreja que abençoa animais, carros, armas e, em tempos nem tão distantes até guerras, hoje declara às pessoas homossexuais fiéis que não são dignas de uma bênção sobre seu amor. O que dizer? Os homossexuais fiéis encontrarão outras maneiras de consagrar seu amor perante Deus: alguns se voltarão para os protestantes, outros para outras religiões, com certeza alguns padres católicos os abençoarão da mesma forma desobedecendo ao Papa e obedecendo à consciência.

Por outro lado, quem continuará inexoravelmente a aumentar sua distância em relação ao mundo, que o card. Martini estimava em 200 anos, é esta Igreja Católica, misericordiosa nas palavras, mas nos fatos mais discriminadora do que nunca.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Homossexualidade e misericórdia. Comentário de Vito Mancuso - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV