Bispo alemão autoriza padres a abençoar uniões homossexuais

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Ucrânia, Terceira Guerra Mundial e o guia do Papa Francisco para a Igreja. Artigo de Tomáš Halík

    LER MAIS
  • Depois da cristandade. O catolicismo em um futuro mais secular

    LER MAIS
  • As necessárias “heresias” de Lula

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


15 Abril 2021

Franz-Josef Overbeck desafia a proibição do Vaticano à bênção de casais homossexuais.

A reportagem é de Jordi Pacheco, publicada por Religión Digital, 14-04-2021. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

O responsum da Congregação para a Doutrina da Fé que fecha a porta para as uniões de casais homossexuais segue gerando reações contrárias que sugerem que a resposta polêmica do Vaticano é uma decisão contrária às demandas dos cristãos LGBTI.

O bispo de Essen, Alemanha, Franz-Josef Overbeck explicitou o seu desacordo com a decisão. “Necessitamos um novo olhar sobre a homossexualidade, sério e respeitoso”, declarou Overbeck, em uma carta às paróquias de sua diocese, enviada poucos dias depois da publicação do polêmico documento.

Coerente com o que expressou então, agora o prelado afirmou que os padres de suas dioceses que decidirem por abençoar os casais de mesmo sexo durante um evento promovido por coletivos LGBTI agendado para o dia 10 de maio, não enfrentarão nenhuma consequência. Impulsionado sob o lema, “Não negamos uma bênção”, no encontro participarão párocos, diáconos e agentes pastorais.

Segundo reportagem do portal ACI, de 13 de abril, o bispo assegura que não tem previsto “suspender” ninguém, nem vai submeter à lei canônica nenhum padre que decidir abençoar um casal homossexual.

Overbeck faz parte do movimento de resistência à proibição do Vaticano protagonizada por uma série de bispos alemães, austríacos e belgas, dentre os quais se encontram o cardeal Christoph Schonbörn, dom Franz Josef Bode, dom Georg Bätzing, dom Peter Kohlgraf, dom Helmut Dieser e dom Heinrich Timmerevers, entre outros.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bispo alemão autoriza padres a abençoar uniões homossexuais - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV