Suprema corte ordena que governo da Colômbia atenda crianças Wayúu

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Nós nos tornamos um vírus para o planeta”. Entrevista com Philippe Descola

    LER MAIS
  • América Latina. 300 milhões de pobres, ainda em 2020. Destes, 83 milhões na pobreza extrema, segundo a Cepal e OIT

    LER MAIS
  • O projeto católico conservador se esgotou?

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Agosto 2016

A Suprema Corte de Justiça da Colômbia determinou no dia 31-07-2016 que o governo do país elabore um plano para solucionar a crise humanitária que atinge as crianças do povo Wayúu. Os indígenas sofrem com a desnutrição e a falta de cuidados médicos e de água potável no departamento de La Guajira, no nordeste do país. 40 crianças morreram apenas em 2016 por conta da crise provocada por condições climáticas adversas.

Foto: Blu Radio

A decisão da corte é uma resposta a uma ação da Organização Nacional Indígena – ONIC e de representantes dos Wayúu que pedia que fosse decretada na região um estado de inconstitucionalidade. Embora não tenha concedido esse pedido, o tribunal ordenou o governo do país a “planejar, coordenar e executar um plano eficiente e eficaz que dê solução integral e definitiva” às dificuldades.

O tribunal também decidiu que se estabeleça um cronograma com prazos “razoáveis e reais”. A corte legou ao Departamento Administrativo da Presidência da República a responsabilidade de coordenar as ações com as instâncias de nível nacional, departamental e municipal.

{youtube}blMsIzMjWbk{/youtube}

Problemas climáticos em La Guajira

Os wayúu habitam uma região árida em La Guajira. Eles sofrem com um longo período de seca, que se iniciou em 2012. Embora as condições geográficas da área sejam desfavoráveis, os problemas foram agravados a partir da construção da represa El Cercado, que ficou pronta em 2010, a qual interrompeu o fluxo do rio Ranchería.

Assim, os problemas em La Guajira já vêm ocorrendo há anos. Um relatório de 2014 da Defensoria Pública do departamento dava conta de que “um número significativo de meninos e meninas, em sua maioria do povo Wayúu, morreu no departamento de La Guajira durante os últimos meses por causas perfeitamente evitáveis”.

Em dezembro de 2015, a Corte interamericana de direitos humanos concedeu medidas cautelares para que o governo colombiano levasse alimentos e água potável à comunidade dos Wayúu. A decisão da Suprema Corte do país reforça o que a corte interamericana havia determinado.

Por João Flores da Cunha / IHU – Com agências

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Suprema corte ordena que governo da Colômbia atenda crianças Wayúu - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV