Justiça para Juma!

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Bolsonaro institui o Dia do Rodeio na Festa de São Francisco de Assis

    LER MAIS
  • “O transumanismo acredita que o ser humano está em um suporte equivocado”, afirma filósofo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 22 Junho 2016

Juma foi retirada de seu habitat natural para servir de alegoria para as PATÉTICAS Olimpíadas que só geram prejuízos ao Brasil. Uma ATITUDE IRRESPONSÁVEL que custou a vida de uma animal inocente.

A cerimônia de revezamento da Tocha Olímpica realizada no Centro de Instruções de Guerra na Selva (Cigs), envolvendo fogo, odores e pessoas diferentes, causou uma situação atípica, com estresse, para a onça Juma, segundo especialistas. O fato culminou na morte do animal.

Após fugir e ser alvejada com tranquilizantes, Juma levou um tiro de pistola e morreu, segundo nota enviada pelo Comando Militar da Amazônia (CMA).

Assine este abaixo-assinado.

O abaixo-assinado será entregue para:

Chefe do Comando Militar da Amazônia
Comando Militar da Amazônia
Assessoria de imprensa do Comando Militar da Amazônia

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça para Juma! - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV