Fernando Cardenal, jesuíta e ex-ministro da Educação da Nicarágua, luta para viver

Revista ihu on-line

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Mais Lidos

  • Analfabeto político é cúmplice do genocídio

    LER MAIS
  • França. Preocupação com destino dos seminários

    LER MAIS
  • Quinze teses sobre o partido-movimento. Artigo de Boaventura de Sousa Santos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Jonas | 11 Fevereiro 2016

O padre jesuíta Fernando Cardenal (foto), coordenador nacional da Fé e Alegria, está lutando para viver. Neste dia 9 de fevereiro, entrou na Unidade de Cuidados Intensivos de um hospital de Managua e sua condição é “muito delicada”.

Fernando Cardenal é irmão de Ernesto Cardenal, poeta, monge e ex-ministro da Cultura da Nicarágua.

 
Fonte: http://goo.gl/XfZyio  

A informação é de Jeniffer Castillo Bermúdez, publicada por La Prensa, 09-02-2016. A tradução é do Cepat.

Foi o que confirmou o sacerdote jesuíta Iñaki Zubizarret, superior da Companhia de Jesus na Nicarágua, por telefone.

“Está muito, muito delicada segundo os boletins médicos. Foi operado por causa de uma hérnia umbilical, parecia ter ido bem, havia recebido uma malha (abdominal e), parecia ter ido bem”, informou Zubizarret.

A intervenção cirúrgica foi na última terça-feira e “foi bem, já estava no quarto (de recuperação), mas logo se começou a notar algum tipo de febre, então havia uma infecção e tiveram que lhe operar novamente, abrir (para ver) o que havia e perceberam que havia uma infecção muito grande no abdômen... é algo muito delicado”, disse o sacerdote jesuíta a La Prensa.

Após a primeira intervenção, colocaram uma malha abdominal no padre, mas seu organismo a rejeitou “e isso também foi a causa deste problema de infecção”.

Cardenal está na Unidade de Cuidados Intensivos desde a manhã desta terça-feira e seu estado é muito delicado, reiterou Zubizarret.

O padre Cardenal, que trabalha com entrega e paixão pela qualidade da educação na Nicarágua, completou 82 anos no último mês de janeiro.

A Companhia de Jesus na Nicarágua está cuidando de sua saúde porque Cardenal ainda pertence a esta “companhia a qual amou profundamente”, ressaltou Zubizarret.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Fernando Cardenal, jesuíta e ex-ministro da Educação da Nicarágua, luta para viver - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV