Desacordo entre a Santa Sé e a Casa Branca sobre os convidados para a recepção papal em Washington

Revista ihu on-line

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Mais Lidos

  • “Bolsonaro é testa de ferro de um projeto político de militares”, aponta antropólogo

    LER MAIS
  • Novas armas: drones já decidem por si próprios se e quando matar. Artigo de Paolo Benanti e Sebastiano Maffettone

    LER MAIS
  • Papa Francisco clama por uma “reforma profunda da economia mundial” que evite “sacrifícios ante o altar do progresso”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 21 Setembro 2015

As diferenças entre o Vaticano e a Casa Branca sobre posturas dogmáticas da Igreja católica ficaram expostas antes da chegada do Papa Francisco aos Estados Unidos para a sua visita, revelou no sábado o jornal The Wall Street Journal. O Vaticano vetou a lista de convidados para dar as boas-vindas ao Pontífice na Casa Branca, entre os quais figuram um ativista transgênero, o primeiro bispo abertamente homossexual e uma freira que criticou a Santa Sé por seu silêncio em temas como o aborto e a eutanásia.

 
Fonte: http://bit.ly/1MkRHGC  

A reportagem é publicada por Religión Digital, 20-09-2015. A tradução é de André Langer.

De acordo com um alto funcionário do Vaticano, a Santa Sé teme que qualquer foto do Papa com alguns destes convidados possa ser interpretada como um apoio às suas atividades, indicou o jornal.

Um dia após sua chegada aos Estados Unidos nesta terça-feira, Francisco será recebido por Obama com honras de chefe de Estado na Casa Branca, onde o presidente e o pontífice terão um encontro privado. O jornal assinalou que as tensões surgidas a partir dessa lista exemplificaram as preocupações de alguns católicos conservadores com o fato de que a Casa Branca poderia utilizar este momento para minimizar suas diferenças com líderes da Igreja sobre temas como o casamento entre pessoas do mesmo sexo e os anticoncepcionais.

A Casa Branca manteve em sigilo a lista destes convidados e quando o porta-voz presidencial, JoshEarnest, foi questionado a respeito, na quinta-feira passada, subestimou as reportagens da imprensa que revelaram inicialmente a inclusão destes convidados.

 
Fonte: http://bit.ly/1MkRHGC  

“Eu pediria para não tirar muitas conclusões sobre uma, duas ou talvez três pessoas da lista de convidados, porque haverá mais 15 mil pessoas aí”, disse, fazendo alusão à concorrência que se estima estará no jardim sul da residência presidencial para a cerimônia da próxima quarta-feira.

Os convidados foram identificados como a Ir. Simone Campbell, diretora executiva da Network, descrita como uma associação de lobby para justiça social. Os outros dois são o bispo Gene Robinson (na foto, à direita, ao lodo do seu companheiro), o primeiro bispo declaradamente homossexual da Igreja episcopal, e Mateo Williamson, ex-diretor da associação Dignity USA, formada por católicos membros da comunidade LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais).

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desacordo entre a Santa Sé e a Casa Branca sobre os convidados para a recepção papal em Washington - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV