O embaixador gay. Vaticano teme o efeito boomerang

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Basta de má informação nos chamados meios católicos de comunicação

    LER MAIS
  • “O conteúdo e o sentido do trabalho são exigências de justiça social”. Entrevista com Alain Supiot

    LER MAIS
  • “Vacinas para todos!” Declaração da Pontifícia Academia para a Vida sobre as vacinas contra a Covid-19

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


13 Abril 2015

Por trás do “no comment” vaticano sobre o caso Stefanini – o embaixador designado por Paris que, para a mídia francesa, não teria o agrado da Santa Se por ser gay – há um caso que parece sem precedentes e está criando embaraço Além Tibre. Em casos semelhantes não há jamais um “não”, mas uma ausência de resposta. Ou seja, se diz que o procedimento “ainda está em curso”.

A reportagem é de Gian Guido Vecchi, publicada no jornal Corriere della Sera, 11-04-2015. A tradução é de Benno Dischinger.

A regra não escrita é que os embaixadores não estejam em situações “irregulares” para a Igreja ou contrariem as posições: ocorreu que não chegasse o “sim” porque divorciados, ligados a uma união civil gay, abortistas.

Mas, Stefanini não está numa situação “irregular”. Católico praticante, apoiado pelo cardeal Vingt-Trois, não contraiu matrimônio ou uniões e não é um ativista gay.

Por fora, como obstáculo, aparece somente a “orientação”. Tinham solicitado ao governo francês um passo para trás. No Vaticano pode ter funcionado o temor de um uso político da nomeação. Mas agora, com o Jubileu da Misericórdia, se arrisca o efeito boomerang. E não será fácil sair dele: “A coisa se precipitou e tudo se torna mais difícil”.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O embaixador gay. Vaticano teme o efeito boomerang - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV