Frases do dia

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco propõe um sistema econômico mais justo e sustentável

    LER MAIS
  • Em busca da funda de Davi. Uma análise estratégica da conjuntura

    LER MAIS
  • Por que Tagle é o novo “herói papal” do Oriente

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Janeiro 2015

Inchaço

“A direita inchou do 7/1 para cá, na França. Se sua pregação racista vai prevalecer contra a tradição libertária da terra dos direitos humanos, é o que se verá nas próximas eleições. Os AK-47 podem ter matado muito mais do que 17 pessoas” – Luís Fernando Veríssimo, escritor – Zero Hora, 15-01-2015.

Café, geléia e suco

“Joaquim Levy ofereceu um café da manhã a jornalistas para anunciar-lhes, entre a doçura da geleia e o suco que ajuda a descer, quem vai pagar mais imposto. Não é o sistema bancário, merecedor do título de mais lucrativo do mundo. Tão rentável que bancos estrangeiros vêm buscar aqui o lucro que lá fora virou perda. Não são os cartões de crédito, com seus juros sem nada semelhante no mundo, 258%, ou 40 vezes a inflação. Nem vai o aumento de imposto incidir sobre a especulação financeira, sobre a remessa de lucros para o exterior, ou sobre ganhos no mero jogo de Bolsa” – Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

PJ

“O aumento de imposto vai cair em cima de quem trabalha e vive do que ganha com o trabalho, para tanto registrado como se em sua pessoa existisse uma empresa. O que chamam de "pessoa jurídica" – Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

Casa própria

“Para que não haja a suposição de uma incidência apenas ocasional sobre o lado mais fraco, horas depois da gentileza de Joaquim Levy o governo expeliu outra criação de sua índole: os juros da Caixa Econômica Federal vão aumentar. A Caixa tem muitas linhas de financiamento mas só uma terá os juros elevados. A de financiamento da casa própria, aquela via salvadora dos que só alcançam a sonhada casa própria com os juros da Caixa, porque essa casa é paga só com trabalho” – Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

A nova Dilma

“O novo governo Dilma, ou o governo da nova Dilma, conhece seus objetivos. Joaquim Levy é claro: "A gente não tem nenhum objetivo de fazer saco de maldades". Se há corte de despesas, por exemplo, R$ 7 bilhões da educação, nada de gastar com sacos” – Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

Ponta esquerda

“Sou filiada ao PT. Votei e fiz campanha pela eleição da presidente Dilma. Estamos na ponta esquerda do time que joga com ela, o que não me exime de ter um pensamento crítico e construtivo de dentro do próprio PT e do governo e apontar retrocessos” – Ivana Bentes,  assumindo a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura – O Globo, 15-01-2015.

Esquerda global

“É nossa contribuição para uma renovação e reconfiguração do campo político no Brasil e de uma esquerda global” – Ivana Bentes,  assumindo a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura – O Globo, 15-01-2015.

Valores absolutos 1

“Talvez, no futuro, o atentado a "Charlie Hebdo" faça história por ser o momento em que a gente começou a entender que o que nos define não é a ausência de valores absolutos, mas é, sim, um valor específico: a recusa de que valores sejam aceitos e reconhecidos como absolutos” – Contardo Calligaris, psicanalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

Valores absolutos 2

“Alguns dizem que sem valores absolutos e intocáveis em comum não há sociedade possível. Pois bem, há uma sociedade possível, constituída ao redor do valor absoluto seguinte: não há valores absolutos para todos” – Contardo Calligaris, psicanalista – Folha de S. Paulo, 15-01-2015.

A coisa ‘tá’ braba

“Veja como anda preta a coisa para o lado dos empreiteiros e não só por causa da Operação Lava-Jato. Com o petróleo na faixa dos 45 dólares, as economias de Angola e Venezuela não se sustentam. São dois mercados importantes para a turma do concreto nacional” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 14-01-2015.

O PT e os ladrões

“Insisto. A declaração de Gilberto Carvalho em defesa do PT ( "Não somos ladrões " ) é uma reação indignada comum em pessoas honradas. Mas vale uma reflexão o artigo de hoje de Elio Gaspari, mestre dos mestres, no jornal O Globo. Ele diz que o comissariado petista irritou-se mais com as críticas políticas de Marta Suplicy do que com André Vargas, o ex-dirigente do partido que levou a família para passear no Nordeste, num jatinho pago pelo amigo doleiro Alberto Youssef.

Outra coisa: veja este caso da roubalheira na Petrobras. Só um gerente, Pedro Barusco, admite que recebeu US$ 100 milhões da propina. A indignação no PT é pouca para meu gosto. É quase como se fosse normal, comum ou praxe alguém receber 100 milhões de dólares de proprina. Não, não é assim.

Esta quantia é muito dinheiro, escândalo de primeira página em qualquer jornal do planeta” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 14-01-2015.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frases do dia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV