“A Evangelii Gaudium já completa um ano e ainda não é levada em conta”

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • Os bispos alemães enfrentam o Vaticano e seguem com seu sínodo

    LER MAIS
  • “Existe uma luta política na Igreja, entre os que querem a Igreja sonhada pelo Vaticano II e os que não” constata Arturo Sosa, superior-geral dos jesuítas

    LER MAIS
  • Os 5 principais países, além dos EUA, que mais tecem críticas ao Papa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 24 Setembro 2014

A Evangelii Gaudium, o programa de pontificado de Francisco, está para completar um ano.

E para que sua mensagem não fique no papel, dezenas de especialistas se reuniram no Vaticano para buscar maneiras de colocá-la em prática.

Víctor Manuel Fernández, arcebispo argentino que ajudou na sua redação, é um deles.

A reportagem é publicada por Rome Reports, 23-09-2014. A tradução é de André Langer.

“A verdade é que como o Papa disse, a Evangelii Gaudium é um programa. Um documento programático. Além disso, pede audácia, entusiasmo, pede criatividade... Mas a minha impressão é que, passado um ano desde a sua publicação, não a tivemos muito em conta”, diz Víctor Manuel Fernández, reitor da Universidade Católica da Argentina.

Compartilhar a alegria, ir para as periferias, promover a cultura do encontro ou fomentar uma Igreja em atitude de saída são algumas das chaves do documento.

Para Víctor Manuel Fernández é fundamental uma Igreja missionária que não tema aproximar-se dos mais necessitados.

“A Igreja também não pode realizar-se se não sair de si mesma, se não romper seus velhos esquemas, se não sair em busca dos que não participam, dos que não se sentem atraídos pela mensagem de Cristo, dos que não querem saber nada porque têm outros projetos de vida”,  acrescenta Víctor Manuel Fernández.

O congresso foi organizado pelo Pontifício Conselho para a Nova Evangelização e foi encerrado com uma audiência com o Papa. Francisco recordou-lhes que as iniciativas pastorais são muito bem vindas, mas que não devemos nos esquecer de prestar atenção nas pessoas.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“A Evangelii Gaudium já completa um ano e ainda não é levada em conta” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV