Desmatamento na Amazônia cresce 29% em 12 meses

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • Deveríamos chamar os padres de ''padres''?

    LER MAIS
  • “Este Sínodo, em sua profecia, é fiel aos gritos dos pobres e da irmã Mãe Terra”. Entrevista com Mauricio López

    LER MAIS
  • Desigualdade bate recorde no Brasil, mostra estudo da FGV

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Setembro 2014

O desmatamento na Amazônia Legal no período de agosto de 2012 e julho de 2013 cresceu 29% na comparação anual e alcançou 5.891 quilômetros quadrados, de acordo com dados consolidados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Esse foi o primeiro aumento no processo desde 2008.

A informação é de Camila Souza Ramos, publicada pelo jornal Valor, 11-09-2014.

A extensão desmatada também ficou um pouco acima do projetado pelo instituto no fim do ano passado, que foi de 5.843 quilômetros quadrados. Foi feito o mapeamento de 216 cenas com o satélite americano Landsat 8/OLI.

O Estado que mais desmatou na Amazônia Legal no período foi o Pará, com 2.346 quilômetros quadrados desmatados, seguido de Mato Grosso, com 1.139 quilômetros quadrados, e de Rondônia, com 932 quilômetros quadrados.

Apesar do crescimento, o Inpe destacou, em nota, que a área desmatada é a segunda menor desde que o monitoramento começou a ser realizado, em 1988. Entre agosto de 2011 e julho de 2012, o desmatamento alcançou 4.571 quilômetros quadrados. A Amazônia Legal se extende por 5.016.136,3 quilômetros quadrados.

O levantamento foi feito a partir do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal, que considera apenas as áreas maiores que 6,25 hectares onde ocorreu retirada total da cobertura florestal, o chamado corte raso.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desmatamento na Amazônia cresce 29% em 12 meses - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV