Índios protestam contra ruralistas em São Paulo

Revista ihu on-line

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Direito à Moradia, Direito à Cidade

Edição: 533

Leia mais

Veganismo. Por uma outra relação com a vida no e do planeta

Edição: 532

Leia mais

Mais Lidos

  • "Coquetel" com 27 agrotóxicos foi achado na água de 1 em cada 4 municípios – consulte o seu

    LER MAIS
  • 17 de abril: as marcas de um massacre

    LER MAIS
  • O bolsonarismo arrependido já começou nas classes populares

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 09 Junho 2014

Guaranis trancaram avenida contra a PEC 215, que passa a atribuição de demarcar terras ao Congresso Nacional,

A reportagem é publicada por CartaCapital, 06-06-2014.

Indígenas guaranis realizaram nesta sexta-feira em São Paulo um ato contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215. Defendida pelos deputados e senadores da bancada ruralista, a emenda tira do Executivo e dá ao Congresso Nacional a prerrogativa de demarcar terras indígenas.

Cerca de 400 manifestantes estiveram presentes em frente à Assembleia Legislativa, onde ocorria uma audiência pública sobre o tema. Além dos indígenas, militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), do Movimento Passe Livre (MPL) e do Comitê Popular da Copa apoiavam o ato.

Militantes fecharam a avenida Pedro Alvares Cabral carregando bonecos e cartazes com o rosto de políticos ligados ao agronegócio, como a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), presidente da Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), e o Deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS), que no início do ano foi eleito "Racista do Ano" pela ONG britânica Survival International.

O ato ocorre um dia depois que a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) divulgar posicionamento explicando porque “nenhum dos povos indígenas do país se dispôs a participar e legitimar as referidas audiências”, que já passaram por seis estados diferentes.

Além do arquivamento da PEC 215, os indígenas pedem o fim de “todas as propostas do Congresso dos ruralistas que criminalizam e enfraquecem aqueles que lutam pela reforma agrária e por justiça no campo e na cidade.” Eles também reivindicam que o ministro da Fazenda, José Cardozo, assine as demarcações de terra das duas áreas dentro do município de São Paulo, Tenondé Porã e Jaraguá, além da suspenção do pedido de reintegração de posse nesta aldeia.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Índios protestam contra ruralistas em São Paulo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV