Igrejas são conclamadas a iniciar peregrinação pela paz e justiça

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • Não tenho nenhuma esperança de que o Governo Bolsonaro ainda se empenhe em transmutar sua visão a respeito da Amazônia. Entrevista com Dom Erwin Krautler

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


14 Novembro 2013

"Junte-se a Peregrinação de Justiça e Paz" é o título da Mensagem da 10a Assembléia do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), reunida em Busan, Coreia do Sul, de 30 de outubro a 8 de novembro. O organismo ecumênico, que congrega 345 igrejas protestantes, evangélicas, anglicanas e ortodoxas, reúne-se em assembleia a cada sete, oito anos para estabelecer políticas de atuação, projetos e metas futuras.

A informação é publicada pela Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação - ALC, 08-11-2013.

O tema da Assembleia de Busan pedia “Deus da vida, leve-nos à justiça e à paz”, e reportou-se ao primeiro encontro do CMI em Amsterdã, em 1948, que enviou, na época, mensagem às igrejas e ao mundo destacando o desejo: “Nós pretendemos ficar juntos”. A mensagem de 2013 convida as igrejas à peregrinação da justça e da paz, proclamando: “Temos a intenção de caminhar juntos”.

A mensagem de Busan detaca a experiência da busca da unidade na Coréia como um sinal de esperança no mundo. ”Essa não é a única terra onde as pessoas vivem divididas , na pobreza e na riqueza, felicidade e violência, bem-estar e guerra. Nós não somos autorizados a fechar os olhos para as realidades duras ou para descansar as mãos da obra transformadora de Deus. Como uma irmandade, o CMI está em solidariedade com o povo e as igrejas na península coreana, e com todos os que lutam pela justiça e a paz " .

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Igrejas são conclamadas a iniciar peregrinação pela paz e justiça - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV