Evo Morales e Nicolás Maduro aderem à vigília pela paz na Síria convocada pelo Papa

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • O psicanalista analisa o "vazio de sentido". "A técnica domina, a política não decide, os jovens consomem e ponto". Entrevista com Umberto Galimberti

    LER MAIS
  • ''Estamos vendo o início da era da barbárie climática.'' Entrevista com Naomi Klein

    LER MAIS
  • Necropolítica Bacurau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 04 Setembro 2013

Os respectivos presidentes da Bolívia e da Venezuela, Evo Morales e Nicolás Maduro, aderiram à vigília de jejum e oração pela paz na Síria, convocada pelo Papa Francisco para o próximo sábado e pediram aos movimentos sociais de ambos os países para que façam o mesmo.

A informação é publicada por Religión Digital, 03-09-2013. A tradução é de André Langer.

Os Estados Unidos mostraram-se favoráveis a uma intervenção militar “limitada” na Síria para responder ao ataque com armas químicas de 21 de agosto, que matou mais de mil pessoas e no qual o regime de Bashar al Assad teria empregado gás sarin, embora o presidente estadunidense, Barack Obama, tenha anunciado, no sábado, que consultará o Congresso sobre essa intervenção.

Morales indicou que, assim como o Sumo Pontífice, também ele está preocupado com os planos de Washington na Síria, segundo informou a Agência Boliviana de Informação (ABI).

O presidente boliviano explicou que pedirá aos movimentos sociais do país para que se unam a este dia de jejum e meditação convocado pelo Papa para evitar a escalada do conflito sírio.

Nicolás Maduro, por sua vez, apontou pelo seu Twitter que “me somo ao apelo do Papa por um jejum mundial pela paz. Alto à guerra contra o povo árabe da Síria. Não mais morte, não mais guerra!!!”.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Evo Morales e Nicolás Maduro aderem à vigília pela paz na Síria convocada pelo Papa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV