A cobertura do Perfil Bolsa Família - PBF no Vale do Sinos

Revista ihu on-line

Populismo segundo Ernesto Laclau. Chave para uma democracia radical e plural

Edição: 508

Leia mais

Gênero e violência - Um debate sobre a vulnerabilidade de mulheres e LGBTs

Edição: 507

Leia mais

Os coletivos criminais e o aparato policial. A vida na periferia sob cerco

Edição: 506

Leia mais

Mais Lidos

  • O arcebispo do povo, entre oração e bicicleta

    LER MAIS
  • CNBB estimula Jornada de Oração e Jejum pelo Brasil por ocasião do Dia da Pátria

    LER MAIS
  • O país da Casa-grande

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

23 Julho 2013

O ObservaSinos volta a acessar as bases de dados do Ministério de Desenvolvimento Social e combate à fome, disponíveis nos “Relatórios de Informações Sociais”, item “RI Bolsa Família e Cadastro Único”, dando sequência as análises publicadas em abril: “Famílias sobrevivem com até 70 reais mensais no Vale do Sinos” e “Beneficiários do Bolsa Família no Vale do Sinos permanecem na linha da pobreza extrema”. Informações que dão vistas aos indicadores dos municípios e região com o objetivo de promover o debate sobre a realidade e as políticas públicas.

Nos municípios de Araricá, Esteio, Nova Hartz e Novo Hamburgo houve um aumento no número de famílias beneficiados pelo Programa Bolsa Família (PBF), tendo como referência os dados de janeiro e julho de 2013.

No município de Araricá o PBF beneficiou no mês de julho 435 famílias, representando uma cobertura de 257,4% da estimativa de famílias pobres no município, tendo como referência para a estimativa de famílias pobres os dados do Censo de 2010. Houve um aumento de quatro famílias beneficiadas pelo programa em relação aos dados de janeiro deste ano.

Em Esteio houve um aumento de dezessete famílias em relação ao total de janeiro, totalizando 2.350 em julho. Assim, a cobertura do programa em relação a estimativa das famílias pobres no município chegou a 102%.

O número de famílias beneficiadas pela transferência de renda em Nova Hartz no mês de julho foi de 636 famílias, 63 famílias a mais que em janeiro, representando uma cobertura de 116,7% da estimativa de famílias pobres.

Novo Hamburgo, segundo município da região com o maior número de famílias que recebem o recurso teve um amento de 44 famílias no mês de julho em relação a janeiro, totalizando 8.946 famílias.  Em relação à estimativa de famílias pobres o programa tem cobertura de 112,2%.
Nestes municípios o PBF beneficia um número maior de famílias que a estimativa calculada a partir dos dados censitários.

Em Campo Bom, Estância Velha, Nova Santa Rita e Sapiranga, diminuiu o número de famílias beneficiadas pelo PBF, 274 famílias, referentes aos dados de janeiro e julho deste ano. Mesmo assim, o programa tem uma cobertura maior que a estimativa de famílias pobres:

•    Campo Bom: 1.389 famílias atendidas, uma cobertura de 116,5 % das famílias pobres do município;  
•    Estância Velha: 1.060 famílias atendidas, uma cobertura de 119,9 % das famílias pobres do município;  
•    Nova Santa Rita: 998 famílias atendidas, uma cobertura de 107,1% das famílias pobres do município;  
•    Sapiranga: 3.481 famílias atendidas, representando uma cobertura de 155,5 % das famílias pobres do município;

Canoas, município com população contratada em área urbana, 10.657 famílias receberam a transferência de renda no mês de julho, 169 famílias a menos em relação ao número de famílias beneficiadas em janeiro. A cobertura do programa em relação a estimativa de famílias pobres foi de 93,8%.

O município de Ivoti foi o único na região onde o número de famílias beneficiadas em janeiro e julho de 2013 permaneceu o mesmo: 110 famílias receberam o benefício. As famílias beneficiadas representam 40,6 % da estimativa de famílias pobres no município, tendo como referência os dados censitários de 2010.

Nos municípios de Dois Irmãos, Portão, São Leopoldo e Sapucaia do Sul o número de famílias atendidas pelo PBF diminuiu no mês de julho se comparado a janeiro. Nestes municípios o PBF não cobre o total do número de famílias pobres, segundo a estimativa:

•    Dois Irmãos: 203 famílias atendidas, uma cobertura de 96,2% das famílias pobres no município;
•    São Leopoldo 7.059 famílias atendidas, uma cobertura de 79,9% da estimativa de famílias pobres;
•    Sapucaia do Sul: 4.136 famílias atendidas, uma cobertura de 78,5% da estimativa de famílias pobres no município;
•    Portão: 821 famílias atendidas, uma cobertura de 67,1 % da estimativa de famílias pobres no município;

O que fazer para transformar estas realidades?

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Instituto Humanitas Unisinos - IHU - A cobertura do Perfil Bolsa Família - PBF no Vale do Sinos