Papa muda roteiro. Primeiro contato, ao chegar no Brasil, com o povo. Depois, com as autoridades

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • Não tenho nenhuma esperança de que o Governo Bolsonaro ainda se empenhe em transmutar sua visão a respeito da Amazônia. Entrevista com Dom Erwin Krautler

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Julho 2013

Após rever seu esquema de segurança por rejeitar veículo blindado nos deslocamentos, o papa Francisco decidiu que fará passeio em carro aberto pelas ruas do centro do Rio assim que desembarcar na cidade, na segunda-feira.

A agenda do pontífice, divulgada no início de maio, previa que ele seguiria de carro fechado da Base Aérea do Galeão, na zona norte, para o Palácio Guanabara, sede do governo, onde será recebido pela presidente Dilma Rousseff, pelo governador Sérgio Cabral e diversos convidados.

A mudança nos planos foi anunciada ontem. O papa informou aos organizadores da viagem que não queria que seu primeiro contato no Brasil fosse com autoridades, mas sim com a população.

A informação é publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 20-07-2013.

Francisco seguirá da Base Aérea para a Catedral Metropolitana, no centro, onde trocará o carro fechado por um papamóvel, percorrerá algumas ruas e voltará ao carro fechado diante do Theatro Municipal, na Cinelândia.

O trajeto de Francisco é, em alguns pontos, semelhante ao das manifestações que deixaram rastro de destruição no centro da cidade. Só depois deste percurso ele segue para o Guanabara.

O trânsito na região será modificado a partir das 14h. O papamóvel será acompanhado por batedores, oito carros com policiais federais e agentes que seguirão à pé ao lado do veículo.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa muda roteiro. Primeiro contato, ao chegar no Brasil, com o povo. Depois, com as autoridades - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV