Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

Morre Bertha Becker, uma das maiores autoridades em Amazônia no Brasil

Morreu no Rio de Janeiro, no dia 13 de julho, a geógrafa Bertha Koiffmann Becker, aos 82 anos. Professora emérita da Universidade Federal do Rio (UFRJ) e uma das maiores referências sobre estudos amazônicos.

A reportagem é do sítio do Instituto Socioambiental - Isa, 15-07-2013.

 

Desde os anos 1960, a geógrafa Bertha Becker estudava a expansão da fronteira agropecuária na Amazônia. “Naquela época, a Amazônia era muito distante do imaginário brasileiro, ninguém vivia e partilhava dos problemas”, dizia. Suas pesquisas contribuíram de forma inequívoca para todo o entendimento das dinâmicas de ocupação da região amazônica nas últimas décadas. Bertha Becker sempre defendeu que o mais importante para a conservação da Amazônia eram as condições de vida e produção das populações locais e que o desenvolvimento da região deveria se basear na inovação e no fomento à indústria criativa local.

Concentrando sua abordagem no território e na fronteira, Bertha trouxe a discussão ambiental e do desenvolvimento sustentável para a geografia política. À frente do Laboratório de Gestão do Território (LAGET) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi pioneira ao abordar a questão urbana na região amazônica.

Em 2009, coordenou a elaboração do Macrozoneamento da Amazônia Legal, realizado pelo Ministério do Meio Ambiente, ocasião em que visitou o ISA em São Paulo.

Paixão pelo que fazia, senso crítico afiado, e humor refinado marcaram sua personalidade. Tanto que seus amigos chegaram a criar a Associação dos Amigos da Bertha Becker (AABBER). Professora emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutora honoris causa pela Universidade de Lyon III, na França, e integrante da Academia Brasileira de Ciências (ABC), publicou, entre outros, Dimensões humanas da biodiversidade – O desafio de novas relações sociais (com Irene Garay, Vozes, 2006); Amazônia. Geopolítica na virada do III milênio (Garamond, 2004); Um futuro para Amazônia (com Claudio Stenner, Oficina de Textos, 2008) e Dilemas e desafios do desenvolvimento sustentável (com Ignacy Sachs e Cristovam Buarque, Garamond, 2006).

Para saber mais sobre a vida e atuação de Bertha Becker clique aqui.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"DEMOCRACIA PELO QUE ENTENDO É O GOVERNO DO POVO PARA O POVO. ELA TAMBÉM GARANTE O DIREITO DAS MINO..." Em resposta a: Pesquisa identifica os mesmos doadores de PT e PSDB
"Se Leonardo Boff, é muita responsabilidade usar seu nome é tudo que significou para nós e lançar..." Em resposta a: Para entender a vitória de Dilma Rousseff
"Excelente! É exatamente este o cenário . O voto em Dilma foi importantíssimo , mas não podemos n..." Em resposta a: "Ah, mas eu votei na Dilma para o Kassab ser ministro?"

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes