Convivência virtual reduz produtividade, indica estudo

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • As duras palavras de Francisco à Igreja: as murmurações abafam a profecia

    LER MAIS
  • Uma espiritualidade do viver

    LER MAIS
  • “A religião não é um refúgio”. Entrevista com Massimo Cacciari

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Julho 2013

Nos últimos anos, companhias de todo o mundo beneficiaram-se do acesso mais amplo a informações na internet e da troca de informações por meio de tecnologias como mídias sociais, redes sociais empresariais, serviços de compartilhamento de arquivos, videoconferências e chat. Mas existe um efeito colateral: tanta troca de informação reduz o tempo disponível para outras atividades.

A reportagem é de Cibelle Bouças e publicada no jornal Valor, 04-07-2013

Um estudo global realizado pela Siemens Enterprise Communications indica que 79% dos profissionais trabalham e tomam decisões fora do escritório, conectados com sua equipe. Mas apenas 44% consideram esse formato tão produtivo quanto o de equipes que se reúnem pessoalmente. O estudo foi realizado com entrevistas de 320 profissionais de nove países.

Entre os entrevistados, 75% consideram que os membros da equipe se distraem durante as reuniões virtuais. E 43% sentem-se frustrados e sobrecarregados com o uso de muitas ferramentas de comunicação. "As pessoas perdem tempo para checar mensagens, buscar dados e responder aos pedidos vindos de diferentes áreas ao mesmo tempo", disse José Furst, vice-presidente de marketing e canais da Siemens Enterprise Communications para a América Latina.

O tempo gasto para se conectar e se reconectar a serviços de comunicação é outro fator que reduz a produtividade. Entre os entrevistados, 46% informaram que frequentemente precisam se desconectar e se reconectar durante reuniões on-line por problemas técnicos. Também é comum a necessidade de instalar um programa diferente do usado na empresa para realizar reuniões virtuais com clientes ou fornecedores.

"As pessoas gastam 80% do seu tempo trocando mensagens, tentando conciliar agendas e tecnologias, e 20% atuando de forma analítica", disse Furst. O executivo disse que o uso crescente dessas ferramentas de comunicação é um processo inevitável. Mas é possível reduzir o tempo perdido com a adoção dos chamados softwares de comunicações unificadas, que agregam em uma única interface todas as ferramentas de comunicação.

Um estudo recente feito pela consultoria americana Ovum, com 2,4 mil empresas de 18 países, indica que o mercado de comunicações unificadas vai movimentar US$ 53 bilhões nos próximos dois anos no mundo. Entre as empresas consultadas, 42% informaram que planejam investir em serviços de comunicações unificadas até 2014.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Convivência virtual reduz produtividade, indica estudo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV