Túmulo de Hugo Chávez vira ponto de peregrinação na Venezuela

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Três vias para superar o capitalismo. Artigo de Branko Milanović

    LER MAIS
  • Bolsonaro ataca Papa Francisco depois de seu apelo para proteger a Amazônia

    LER MAIS
  • Em páginas diferentes? Francisco evita as recomendações do Sínodo. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 06 Junho 2013

Três meses após a morte do presidente venezuelano Hugo Chávez, o Quartel de la Montaña, lugar onde está seu corpo, continua recebendo peregrinos de todas as partes do país que se aproximam para reverenciar o líder da Revolução Bolivariana.

A reportagem é do G1 com informações da agência EFE, 05-06-2013. Foto: Jorge Silva/Reuters.

Idosos e grupos de estudantes, jovens sozinhos ou acompanhados entram no local e fazem reverências ao líder que repousa no que foi por um tempo Museu Histórico Militar e se transformou em 2002 em quartel - por ordem do líder que morreu em 5 de março.

Localizado no popular bairro 23 de Enero, uma região tradicionalmente esquerdista do oeste de Caracas, a mais popular da capital venezuelana, o edifício se divisa desde as instalações do Palácio Presidencial de Miraflores, algumas centenas de metros mais abaixo.

"Recebemos cerca de 800 pessoas diariamente de terça-feira a sexta-feira e nos fins de semana chegam a 2 mil", informa uma integrante das milícias bolivarianas - força de segurança criada pelo presidente Chávez há alguns anos - que serve de guia para um grupo de visitantes no local.

Luisa Abreu viajou de Cumaná (no extremo oriental da Venezuela) para visitar o caixão do comandante-presidente. "Sua partida foi uma dor terrível, como se tivesse perdido um parente", conta à Efe visivelmente emocionada.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Túmulo de Hugo Chávez vira ponto de peregrinação na Venezuela - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV