Pastor é lançado pré-candidato do PSC à Presidência em 2014

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “O coronavírus é um pedagogo cruel”. Entrevista com Boaventura de Sousa Santos

    LER MAIS
  • Porque a América Latina é o epicentro da pandemia? Artigo de Raúl Zibechi

    LER MAIS
  • Se nos empenharmos a aliviar tanto sofrimento, estaremos buscando a Deus. Artigo de José María Castillo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


15 Mai 2013

Depois de ganhar visibilidade com as polêmicas envolvendo o deputado federal Marco Feliciano (SP), o Partido Social Cristão (PSC), legenda do parlamentar, anunciou ontem que terá candidato próprio à Presidência em 2014. O nome será o do vice-presidente da sigla, pastor Everaldo Pereira.

A informação é de Cristiane Agostine e publicada pelo jornal Valor, 15-05-2013.

Ligado à Assembleia de Deus, o pastor disse que terá como bandeiras a defesa da família e da vida. "Somos contra o aborto e a favor da família formada pelo homem e pela mulher'", afirmou. "Mas não tenho procuração para falar em nome de nenhuma igreja", disse.

Se confirmada, a candidatura poderá desfalcar o PT. Com pouco mais de um minuto de tempo para propaganda eleitoral, o partido apoiou Dilma Rousseff em 2010.

O PSC vê na eventual candidatura do pastor uma forma de aumentar a votação da legenda para o Legislativo. Com um senador e 16 deputados federais, o partido já apostava em Feliciano para puxar votos e ampliar a bancada.

O PSC já está articulando o lançamento de candidaturas próprias nos Estados. Ontem, o partido convidou o deputado federal Leonardo Quintão (PMDB-MG), a migrar para o PSC e disputar o governo de Minas Gerais em 2014.

O pastor Everaldo foi homem forte da gestão estadual no Rio de Janeiro de Anthony Garotinho (1999-2002), atual deputado federal pelo PR. No governo, foi subsecretário de Gabinete Civil e coordenou o principal programa social, o Cheque Cidadão, alvo de denúncias de irregularidades e de privilegiar clientelas evangélicas.

No PSC desde 2003, o pastor atuou para ampliar o número de deputados eleitos. Em 2002, a sigla elegeu um parlamentar. Em 2006, foram nove e em 2010, 17.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pastor é lançado pré-candidato do PSC à Presidência em 2014 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV