“A reforma da Cúria suscitou grande entusiasmo”, afirma Maradiaga

Revista ihu on-line

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Mais Lidos

  • Republicanismo, a doença infantil do neopetismo

    LER MAIS
  • “Igreja vê com muito sofrimento este momento triste do Brasil”. Entrevista com D. Roque Paloschi

    LER MAIS
  • ''O sexo é rebelde contra o homem assim como o homem a Deus''

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 14 Maio 2013

O cardeal hondurenho Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, um dos oito cardeais nomeados pelo Papa Francisco para que o aconselhem na reforma da cúria romana, disse, no sábado, dia 11, que a decisão papal suscitou grande entusiasmo na América Latina e que muitos bispos já estão enviando sugestões.

A reportagem está publicada no sítio Religión Digital, 11-05-2013. A tradução é do Cepat.

“Ainda não fizemos a primeira reunião, que está convocada para o início de outubro, mas já começamos a trabalhar. Posso dizer que na América Latina há um grande entusiasmo: bispos e conferências episcopais estão dando conselhos e enviando documentos e isto fará bem à Igreja”, disse Maradiaga em Parma (norte da Itália) à imprensa local.

Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, que manifestou que na próxima semana se reunirá com Francisco, recebeu na Universidade de Parma o doutorado Honoris Causa em Assuntos Internacionais e Desenvolvimento.

Em 13 de abril passado, o Papa Bergoglio criou um grupo de oito cardeais para que o aconselhem no governo da Igreja e para que estudem um projeto de reforma da cúria romana.

O grupo é formado por cardeais representantes dos cinco continentes: o italiano Giuseppe Bertello, o chileno Francisco Javier Errázuriz Ossa, o indiano Oswald Gracias, o alemão Reinhard Marx, o congolês Lauren Monsengwo Pasinya, o estadunidense Sean Patrick O’Malley, o australiano George Pell e o hondurenho Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, que terá a função de coordenador.

A primeira reunião acontecerá nos próximos dias 1 a 3 de outubro.

Em 30 de abril passado, o Substituto da Secretaria de Estado (“o número três” do Vaticano), o arcebispo Angelo Becciu, disse que ainda é cedo para lançar qualquer hipótese sobre a reforma da cúria.

O arcebispo acrescentou que o pontífice “está ouvindo a todos”, em referência às audiências que mantém todos os dias com cardeais, bispos e funcionários da cúria, mas que antes de tomar decisões irá conversar com os oito cardeais designados como conselheiros.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“A reforma da Cúria suscitou grande entusiasmo”, afirma Maradiaga - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV