Tráfico de pessoas. A forma contemporânea de escravidão humana

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Vandana Shiva: “Temos de destruir o mito de que a tecnologia é uma religião que não pode ser questionada”

    LER MAIS
  • III Jornada Mundial dos Pobres: o papa almoçará com 1500 convidados

    LER MAIS
  • “Em um Brasil deserto de lideranças, Lula vai fazer a festa”, afirma o cientista político Jairo Nicolau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

14 Abril 2013

A questão do tráfico de pessoas e exploração sexual de mulheres avança para muito além da realidade fictícia da novela Salve Jorge, da Rede Globo, embora os dramas de Morena, protagonista da trama, sejam importantes para colocar o tema na agenda nacional de discussão.

A revista IHU On-Line desta semana discute algumas questões relativas ao tráfico humano, especialmente de mulheres.

Participam do debate, principalmente, mulheres que militam de maneira pró-ativa contra o tráfico humanos, como Gabriella Bottani, representante da rede Grito Pela Vida na Talitha Kum – Rede Internacional da Vida Religiosa contra o Tráfico de Pessoas; Manuela Rodríguez Piñerez, assistente social que atua há mais de 20 anos no combate ao tráfico de mulheres; a psicóloga e coordenadora geral da Sempreviva Organização Feminista – SOF, Nalu Faria e Eurídes Alves de Oliveira, irmã religiosa, coordenadora da rede Um Grito Pela Vida e integrante da coordenação do GT de Enfrentamento ao Tráfico Humano da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB.

A pesquisadora e professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Unisinos, Denise Cogo, que juntamente com outros colegas pesquisadores, lançou o Guia das Migrações Transnacionais e Diversidade Cultural para Comunicadores – Migrantes no Brasil, editado pelo Instituto de Comunicação da Universidade Autônoma de Barcelona.

Também podem ser lidos nesta edição uma reportagem sobre a vida de Gabriella que discute o ser e sentir-se mulher, e as entrevistas com José Paulo Giovanetti, filósofo e psicólogo, professor da FAJE-BH, com Joseane Mariéle Schuck Pinto, bacharel em Direito pela Unisinos e pós-graduanda em relações internacionais, que fará a conferência, na próxima quinta-feira, no Instituto Humanitas Unisinos – IHU, intitulada “A hospitalidade frente ao processo de reassentamento solidário aos refugiados” e com o jornalista e filósofo Ariel Finguerman, autor do livro Teologia do Holocausto (São Paulo: Paulus, 2012).

A revista IHU On-Line estará disponível, nesta página, nas versões html, pdf e 'versão para folhear', nesta segunda-feira, a partir das 16h.

A versão impressa circulará, terça-feira, no campus da Unisinos, a partir das 8h.

A todas e todos um ótima leitura e uma excelente semana.

Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;}

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tráfico de pessoas. A forma contemporânea de escravidão humana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV