Francisco telefona para Capovilla, ex-secretário de João XXIII

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Os Padres da Caminhada se solidarizam com o padre Riva, vítima de racismo em Alfenas – MG

    LER MAIS
  • Acabemos com o sistema clerical

    LER MAIS
  • O que a dor nos ensina. Artigo de Corrado Augias

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Abril 2013

Na noite dessa segunda-feira, 01-04-2013, antes da janta, o Papa Francisco telefonou pessoalmente para Dom Loris Capovilla, ex-secretário de João XXIII, em Camaitino Sotto il Monte. O Papa Francisco – contam na comitiva do prelado idoso (de 98 anos) – telefonou para agradecer por ter recebido o opúsculo preparado para o Ano da Fé por Capovilla.

A nota é de Marco Tosatti, publicada no blog San Pietro e Dintorni, 02-04-2013. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Na capa está a foto de uma famosa medalha, cunhada por Manzù para a abertura do Concílio Vaticano II. Representa o Papa João XXIII com o cardeal Rugambwa e contém a inscrição "Una, Sancta, Catholica, Apostolica". Logo abaixo um trecho de Isaías e do Apocalipse: "As coisas de antes passaram. Eis que faço novas todas as coisas".

Capovilla ficou emocionado, depois contou: "Eu sentia a respiração do papa ao telefone. Ele me disse: 'Eu o vejo com os olhos do coração. Cada palavra que o senhor escreveu é tão preciosa quanto uma homilia'. O papa continuou: 'Eu sei pelo cardeal Comastri, e sinto pela voz, que o seu espírito é jovem. Isso é o que importa'". Foi o cardeal Angelo Comastri, arcipreste de São Pedro, que entregou ao papa o opúsculo de Dom Capovilla.

O Papa Francisco disse depois a Capovilla que gostaria de encontrá-lo pessoalmente, e o idoso prelado, que não vai a Roma desde o tempo da beatificação do Papa Roncalli, prometeu uma visita em um futuro próximo.

Falara-se de Loris Capovilla nas últimas semanas, porque ele havia mencionado um memorando que Bento XVI teria escrito para o Papa Francisco. A Santa Sé desmentira, mas no encontro entre Francisco e Bento XVI as imagens mostravam uma caixa cheia de documentos e um grande envelope branco lacrado.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Francisco telefona para Capovilla, ex-secretário de João XXIII - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV