Manifesto pela vida - solidariedade e defesa dos povos indígenas em Mato Grosso do Sul

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • As duras palavras de Francisco à Igreja: as murmurações abafam a profecia

    LER MAIS
  • Uma espiritualidade do viver

    LER MAIS
  • “A religião não é um refúgio”. Entrevista com Massimo Cacciari

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Cesar Sanson | 01 Março 2013

Organizações nacionais e internacionais publicaram manifesto em apoio e defesa dos povos indígenas do Mato Grosso do Sul. A reprodução é do portal do Cimi, 01-03-2013.

Eis o manifesto.

As entidades que abaixo subscrevem vêm através da presente afirmar que é obrigação da nação brasileira, tanto governo, como sociedade civil, a defesa intransigente do direito à vida, a integridade física e mental, da liberdade e da segurança pessoal dos povos indígenas de Mato Grosso do Sul, entendendo que qualquer forma de violência física ou mental contra qualquer membro dessas comunidades devem ser exemplarmente punidos, principalmente quando praticada contra adolescente, como no caso ocorrido próximo a comunidade indígena Tey`i Kue, Caarapó-MS, onde o adolescente Guarani-Kaiowá de quinze anos de idade, Denilson Barbosa foi covardemente assassinado no último dia 17 de fevereiro.

É notória a realidade que afeta os povos indígenas do estado de Mato Grosso do Sul, em permanente estado de violação de seus direitos humanos em flagrante ofensa à Constituição Federal brasileira, principalmente aos artigos 1º, I, III, 3º, I, II, III e IV, 5°, III, VI, XXXV, XXXVI, XLIV, LIV e 231, além da negativa de vigência aos Tratados Internacionais os quais o Brasil é signatário, como a Convenção 169 da OIT e a Convenção Americana de Direitos Humanos, além do total desrespeito às regras mínimas sobre os direitos indígenas estabelecidos pela Organização das Nações Unidas na Declaração sobre os Direitos dos Povos Indígenas.

Diante da vergonhosa situação imposta a esses seres humanos é necessário declarar que as entidades que baixo subscrevem apoiam incondicionalmente a defesa da posse das terras tradicionais pelos povos indígenas, bem como, apoiam as demarcações das terras indígenas e do amplo acesso desses povos aos recursos nelas existentes, única forma de colocar fim às violações de direitos e à violência contra que vem sendo imposta a esses povos, sendo urgente que o Estado Brasileiro, através do Governo Federal assuma as obrigações constitucionais de respeitar, proteger e garantir a vida e os direitos humanos dos povos indígenas.

Assinam:

1.       Associação Juízes para a Democracia – AJD
2.       Anistia Internacional no Brasil
3.       Conselho Indigenista Missionário – Cimi
4.       Conselho Federal de Psicologia - CFP
5.       Coordenadoria Ecumênica de Serviços - CESE
6.       Comissão Pastoral da Terra - CPT
7.       Comissão Regional de Justiça e Paz - CRJP
8.       Justiça Global - JG
9.       Plataforma Dhesca Brasil
10.   Rede de Informação e Ação pelo Direito a se Alimentar - Fian Brasil
11.   Survival International
12.   Comitê Nacional de Defesa dos Povos indígenas de Mato Grosso do Sul – CONDEPI

Organizações que integram o CONDEPI:

1.       Ação Brasil
2.       Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos Humanos – ABRANDH
3.       Advogados Sem Fronteira
4.       Agência Popular Solano Trindade
5.       Agência Brasil
6.       Anthares Multimeio
7.       Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto - ABREA
8.       Associação de Advogados de Trabalhadores Rurais - AATR – BA
9.       Associação de Aposentados e Pensionistas de Campo Grande-MS
10.   Associação de Defesa do Meio Ambiente de Araucária – PR – AMAR
11.   Associação de Proteção ao Meio Ambiente de Cianorte –PR – APROMAC
12.   Associação de Saúde Ambiental – PR - TOXISPHERA
13.   Associação Internacional Poetas Del Mundo
14.   Associação Nacional dos Centros de Def. da Crian. e do Adoles. - ANCED
15.   Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais - ANDEF
16.   Associação Rede Criança
17.   Brasil de Fato
18.   C.S.E.N - MS
19.   CEDECA
20.   Central Única dos Trabalhadores - CUT - MS
21.   Centro Acadêmico de História – UFMS – Campo Grande
22.   Centro de Agricultura Alternativa –  CAA -  Norte de Minas - MG
23.   Centro de Defesa da Criança e do Adolescente - Ceará CEDECA - CE
24.   Centro de Defesa dos Direitos Humanos Marçal de Souza - CDDH
25.   Centro de Documentação Eloy Ferreira da Silva – Belo - Horizonte – MG CEDEFES
26.   Centro de Estudos e Pesq. para o Desenvolvimento do Extremo Sul - BA  - CEPEDES
27.   Centro Gaspar Garcia DH
28.   Cidadão do Mundo
29.   Circulo Universal dos Embaixadores da Paz
30.   Clinica de Direitos Humanos Luiz Gama - USP
31.   Coletivo de Mulheres Negras - MS
32.   Comissão de Cultura da Câmara de Vereadores de Campo Grande – MS
33.   Comissão de Direitos Humanos/OAB-MS - CDH-OAB-MS -        
34.   Comissão Permanente de Assuntos Indígenas/OAB-MS - COPAI-OAB-MS –
35.   Comissão Pró-Índio SP
36.   Comissão Regional de Justiça e Paz – CRJP - Oeste 01 - CNBB
37.   Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena - ITC
38.   CONAMI
39.   CONDEPE (SP)
40.   Conselho de Saúde Indígena – CONDISI
41.   Conselho Estadual dos Direito do Índio do Estado de Mato Grosso do Sul - CEDIM- MS
42.   Conselho Federal de Psicologia - CFP
43.   Conselho Municipal Indígena de Campo Grande - MS
44.   Conselho Regional de Psicologia – CRP 14ª/MS
45.   Coordenação de Políticas para Negros e Índios SP
46.   Décima Segunda Defensoria Pública Cível de Segunda Instância de MS
47.   Dignitatis – João Pessoa – PB
48.   Erguendo Barricadas
49.   Faculdade de Direito USP
50.   Fórum Carajás – São Luís – MA
51.   Fórum da Amazônia Oriental - FAOR – Belém – PA
52.   Fórum Nacional de Mulheres Negras
53.   Grupo de Estudos em Direito Crítico, Marxismo e América Latina - GEDIC (UFERSA/UERN) – RN
54.   GT Combate ao Racismo Ambiental da RBJA
55.   Instituto Brasileiro de Inovações pró-Sociedade Saudável Centro-Oeste (IBISS/CO)
56.   Instituto de Estudos Socioeconômicos - Brasília – DF – INESC
57.   Instituto Irmãs de Santa Cruz - SP
58.   Instituto Terramar – Fortaleza – CE
59.   ITTC – Instituto Terra, Trabalho e Cidadania
60.   Luta Popular
61.   Movimento Paulo Jackson - Ética, Justiça, Cidadania - BA
62.   Movimento Sem Terra - MST-MS
63.   Museu Da Cultura - PUC-SP
64.   Opção Brasil
65.   Pastoral Indigenista - MS
66.   Programa Pindora
67.   Rede Alerta contra o Deserto Verde
68.   Rede Nacional de Advogados Populares - Renap - CE
69.   Rede Nacional de Advogados Populares - Renap - MA
70.   Rede Nacional de Advogados Populares - Renap - MS
71.   Rede Nacional de Advogados Populares - Renap - RN
72.   Terra de Direitos
73.   TEZ (Fundação Vovó Quirina)
74.   União Geral Trabalhista – UGT
75.   União Nacional dos Estudantes – UNE
76.   União Popular de Mulheres

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Manifesto pela vida - solidariedade e defesa dos povos indígenas em Mato Grosso do Sul - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV