Disputa por fiéis coloca em cena dois novos ícones midiáticos do neopentecostalismo

Revista ihu on-line

Base Nacional Comum Curricular – O futuro da educação brasileira

Edição: 516

Leia mais

Renúncia suprema. O suicídio em debate

Edição: 515

Leia mais

Lutero e a Reforma – 500 anos depois. Um debate

Edição: 514

Leia mais

Mais Lidos

  • “O grande erro da esquerda é pensar que movimentos sociais são sempre bons", afirma Manuel Castells

    LER MAIS
  • Um milhão de crianças fora da escola: o absurdo do trabalho infantil no Brasil

    LER MAIS
  • Discurso da esquerda não dá a Lula a menor chance de fazer bom governo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

07 Dezembro 2012

Na santa guerra de caça a fiéis, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) alçou à vitrine o bispo Guaracy Santos, trazido em 2009 da Bahia, e hoje um novo ícone midiático, assim como o seu concorrente, o bispo Josivaldo Batista, da Igreja Mundial do Poder de Deus.

“Eles são os novos ícones do neopentecostalismo” no Brasil, afirmou o pesquisador e colunista do site noticioso Gospel News, Johnny Bernardo, especialista no estudo das religiões. A IURD vem perdendo fiéis para a Mundial do Poder de Deus, que tem investido na divulgação de milagres em campanhas lideradas pelo bispo Josivaldo.

A informação é publicada pela Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC), 06-12-2012.

O bispo Josivaldo “tem promovido um verdadeiro show de testemunhos de pessoas que afirmam terem sido curadas de paralisias, câncer, dores nas costas. Muletas e cadeiras de rodas são exibidas como provas da ‘operação’ divina nas reuniões da sede Mundial”, analisa Bernardo.

O bispo Guaracy, apresentador do “Duelo dos Deuses”, que vai ao ar diariamente às 9h pela IURD TV, passou a estrear, há meses, o programa “Sete Minutos”, apresentado na TV Record. O apresentador realiza campanhas para fechamento de corpo e presta consultas “espirituais” na sede da Universal, em São Paulo.

A Mundial do Poder de Deus tem cerca de 5 milhões de seguidores e é uma dissidência da Universal que, segundo o Censo de 2010 teve um decréscimo de 230 mil adeptos no período de dez anos, que migraram para a Mundial.

Veja também:

A grande transformação do campo religioso brasileiro. Revista IHU On-Line, no. 400

Religiões e religiosidades, hoje. Significados e especificidades. Revista IHU On-Line, no. 407

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Disputa por fiéis coloca em cena dois novos ícones midiáticos do neopentecostalismo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV