Thomas Merton: Uma ponte inter-religiosa

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Pedro descansa onde ele sonhou, na beira do Araguaia, entre um peão e uma prostituta

    LER MAIS
  • Covid-19: Estudo indica como a pandemia do novo coronavírus chegou e se disseminou pelo Brasil

    LER MAIS
  • “A pandemia econômica será de uma brutalidade desconhecida”. Entrevista com Ignacio Ramonet

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Outubro 2012

"Se eu conseguir unir em mim mesmo e em minha própria vida espiritual o ocidente e o oriente e os santos padres de um e de outro, já estarei contribuindo para a união da Igreja divisa." - Thomas Merton

Iniciado às 14h30, fazendo parte da programação do XIII Simpósio Internacional IHU, o minicurso do Prof. Dr. Getúlio Antônio Bertelli intitulado O mistério da Igreja e o silencio de Deus – reflexões a partir de Thomas Merton .

Getúlio Antônio Bertelli é graduado em Teologia pela Escola Superior de Teologia – EST, e em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo – UPF. Na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio cursou mestrado e doutorado em Teologia com a tese Mística e compaixão: A teologia do seguimento de Jesus em Thomas Merton (São Paulo: Paulinas, 2008). Na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP obteve o pós-doutorado. Atualmente leciona na Universidade Estadual do Paraná – campus FAFIPAR, em Paranaguá, no Paraná.

Thomas Merton (1915-1968) era monge trapista e escritor tinha ligações com a Igreja Oriental e abertura a ideias de diferentes religiões orientais, sempre enaltecendo a importância de todas essas tradições. O professor destacou ainda a relação do Hesicasmo com o trabalho do monge.

A palavra Hesicasmo significa tranquilidade, calma, o doutor em Teologia contou que Merton combinava a técnica de respiração ao nome de Jesus em suas meditações: "É Talvez o maior tesouro que a Igreja do oriente tenha deixado para nós, o Hesicasmo, a 'oração do coração'".

Bertelli mostrou em sua exposição várias das formas e características que constituem o mistério da Igreja e que fizeram parte da vida e da obra do monge. Disse que ele não tinha convicções de sacerdote impositivo, era mais visto como um "pai espiritual" que não gostava de dar ordens pois acreditava que cada um devia agir de acordo com a sua consciência.

Ele também compartilhou uma frase do padre do deserto Gregório de Nissa, um dos influenciadores do monge Thomas Merton, que deu uma definição da essência de Deus. Segundo Gregório de Nissa, Deus é belo pois "é ele quem rege toda uma sinfonia, que se encerrará com a volta de Cristo". O professor afirmou ser uma das definições do mistério mais belas e precisas que ele conhece e foi além dizendo que se todos fôssemos expostos já na catequese a esse tipo de imagem de Deus, não haveria espaço para pensamentos e ideias ateístas na sociedade.

"Ele foi uma ponte entre as diferentes religiões, não um muro ou uma barricada. ele fazia jejum no Ramadã com representantes do Islã, aos Sábados era judeu com os judeus. Martin Luther King e Dalai Lama conviveram diretamente com ele.", aponta o professor Bertelli ao exemplificar o olhar ecumênico de Merton e seu diálogo constante com todos em busca da união.

O monge foi um ativista social atuante nos tempos de guerra, buscando a conscientização social pela paz. Suas cartas, que depois de reunidas deram forma ao livro "Cartas da Guerra Fria", eram contrárias a todo e qualquer tipo de violência. Ainda assim, suas ideias não foram compreendidas e ele teve seus livros queimados por pessoas discordantes de suas ideias após afirmar que não iria defender o povo vietnamita mas que para destruí-lo não seria a favor dos interesses americanos o que acabou desencadeando um sentimento antiamericano nos Estados Unidos e o que talvez tenha custado a sua própria vida.

Getúlio Antônio Bertelli, finalizou sua fala citando um trecho de um artigo de Jon Sobrino, que será conferencista no Congresso Continental de Teologia, no dia 07 de outubro: "Temos uma saudade de uma Igreja que seja de anúncios, de denúncia e de consolo[...]que ela seja uma rede de unidade focada na felicidade."

O minicurso foi apreciado pelos presentes. Pessoas como a carioca Tânia Lucas que veio ao Rio Grande do Sul pela primeira vez, fazendo a pós-graduação em Teologia, afirmou ter gostado do que viu até agora: "Gostei da palestra e estou impressionada com a organização do evento".

Confira a programação do XIII Simpósio Internacional IHU.

(Por Wagner Altes)

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Thomas Merton: Uma ponte inter-religiosa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV