Bispo Edir Macedo diz que nem conhece Celso Russomanno

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma análise de fundo a partir do golpe de Estado na Bolívia

    LER MAIS
  • Gregório Lutz e a reforma litúrgica no Brasil. Artigo de Andrea Grillo

    LER MAIS
  • Aumento da miséria extrema, informalidade e desigualdade marcam os dois anos da Reforma Trabalhista

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

28 Setembro 2012

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record, usou seu culto anteontem em SP para rebater a informação de que o candidato a prefeito Celso Russomanno (PRB-SP) é ligado a ele. Disse que "nem conhece o cidadão". E culpou "a mídia, que bate, bate, bate", por espalhar essa "estupidez". Macedo pregou para cerca de 6.000 fiéis (segundo a igreja) no templo da avenida João Dias, em Santo Amaro.

A reportagem é de Mônica Bergamo e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 28-09-2012.

A repórter Anna Virginia Balloussier gravou a fala. "Este mundo todo me odeia. Não é verdade? É ou não é? Nos jornais, metem o cacete no bispo Macedo. Eles dizem: esse país só vai mudar quando o bispo Macedo morrer."

Os fiéis respondiam "sim, sim, sim!" às falas do líder evangélico. "[A mídia] diz que tem um candidato aí... 'Ah, é o bispo Macedo que está por trás'. Olha a estupidez. Nem conheço o cidadão, nem conheço", disse, sem citar nominalmente o candidato.

"Eu tenho a Record. Vou na Record uma, duas vezes no ano. É ignorância, é muita estupidez. Você acha que vou abrir mão daquilo que gosto, que faço com prazer... [ininteligível] para ficar cuidando de outras coisas?", disse.

O tema ocupou cerca de três minutos nas duas horas em que Macedo discursou, cantou e pregou ajoelhado.

O carro-chefe do culto foi o avanço de outras igrejas evangélicas, como a Mundial do Poder de Deus (de Valdemiro Santiago) e Internacional da Graça de Deus (R.R. Soares, casado com uma irmã de Macedo), lideradas por dissidentes da Universal. "Não ouça nenhum pastor. Fixe-se aqui", instruiu bispo Macedo. Ele usou a metáfora de "misturar vinhos" para afirmar que o fiel deve escolher apenas uma denominação para seguir.

"E eu pergunto: quem fica curado assim? [...] Andando feito piolho na cabeça dos outros. Você quer ser livre, defina sua vida, sua fé. Você se encaixou bem na igreja 'A', então fique nessa igreja. Não liguem a televisão tentando buscar outros canais que falem de Jesus. Todo mundo fala de Jesus, até o diabo fala de Jesus."

Em meio à pregação, Macedo pediu ajuda para pagar contas de luz e água no total de R$ 65 mil do templo de Salomão, réplica do monumento de Jerusalém, em fase de construção no Brás. "Se não tem ninguém para pagar, vamos fazer uma vaquinha."

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bispo Edir Macedo diz que nem conhece Celso Russomanno - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV