Políticas públicas evitam quase metade do desmate na Amazônia

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma análise de fundo a partir do golpe de Estado na Bolívia

    LER MAIS
  • Gregório Lutz e a reforma litúrgica no Brasil. Artigo de Andrea Grillo

    LER MAIS
  • Lula desequilibra o jogo. Craque é craque

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

02 Abril 2012

Cerca de metade do desmatamento que foi evitado na Amazônia brasileira entre 2005 e 2009 foi resultado das políticas governamentais de preservação, de acordo com análise da Iniciativa de Política Climática (CPI) do Rio.

A notícia é do jornal O Estado de S. Paulo, 01-04-2012.

A avaliação do CPI isolou os efeitos dos preços agrícolas e outros fatores potenciais para estimar a contribuição das políticas na redução do desmatamento da Amazônia Legal.

Resultados mostram que as políticas introduzidas no segundo semestre de 2000 ajudaram a impedir o desmatamento de uma área de 62 mil km2, o equivalente a evitar uma perda de cerca de 620 milhões de toneladas de CO2 armazenado.

"Nosso estudo ilustra a importância das políticas de conservação na redução do desmatamento na Amazônia", afirma Juliano Assunção, diretor do CPI Rio.

A próxima etapa do trabalho é saber quais políticas foram mais eficazes, analisando o efeito das políticas e programas específicos, incluindo a mudança no crédito rural e o fortalecimento da fiscalização.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Políticas públicas evitam quase metade do desmate na Amazônia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV