Crivella facilitará diálogo com evangélicos, afirma Gilberto Carvalho

Revista ihu on-line

Henry David Thoreau - A desobediência civil como forma de vida

Edição: 509

Leia mais

Populismo segundo Ernesto Laclau. Chave para uma democracia radical e plural

Edição: 508

Leia mais

Gênero e violência - Um debate sobre a vulnerabilidade de mulheres e LGBTs

Edição: 507

Leia mais

Mais Lidos

  • 'Estamos frente a um sistema de agiotagem que paralisou o país'

    LER MAIS
  • Reforma aproxima trabalhadores de condições análogas à escravidão, diz historiadora

    LER MAIS
  • Mais de 400 mortos e 600 desaparecidos devido a inundações na Serra Leoa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Por: Cesar Sanson | 02 Março 2012

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, reconheceu ontem que a escolha do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) para assumir o Ministério da Pesca teve o objetivo de ampliar o diálogo com o setor evangélico. O senador é pastor da Igreja Universal e um dos principais líderes evangélicos no Congresso Nacional.

A reportagem é do jornal Gazeta do Povo, 02-03-2012.

O próprio ministro já havia sido alvo de críticas da bancada evangélica, incomodada com uma declaração dele, em janeiro. Na ocasião, Carvalho afirmara que o Estado deveria entrar numa disputa ideológica pela “nova classe média”, que estaria sob hegemonia dos evangélicos.

Carvalho também afirmou que, apesar de não haver uma “vinculação tão clara” entre o nome de Crivella e a eleição municipal em São Paulo, a nomeação do senador pode ajudar a compor uma base aliada para o pré-candidato petista à prefeitura, Fernando Haddad.

“É evidente que sempre facilita tendo alguém a mais para este diálogo [com os evangélicos], mas este não é de maneira alguma a razão precípua da convocação do nosso Crivella”, afirmou Carvalho após cerimônia no Palácio do Planalto. O PRB tem um pré-candidato à prefeitura paulistana, Celso Russomano. Tanto o PT quanto o PMDB (que deve disputar a prefeitura com Gabriel Chalita) sonham em ver Russomano desistir da disputa para apoiar seus respectivos candidatos.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Instituto Humanitas Unisinos - IHU - Crivella facilitará diálogo com evangélicos, afirma Gilberto Carvalho