Compartilhar Compartilhar
Aumentar / diminuir a letra Diminuir / Aumentar a letra

Notícias » Notícias

País faz mapeamento de águas subterrâneas

Mais da metade dos municípios brasileiros utiliza águas subterrâneas para abastecer a população - e pouco se sabe sobre elas. Para mapear esse tesouro sob o solo, a Agência Nacional de Águas (ANA) está coordenando o monitoramento dessas grandes reservas subterrâneas de águas, chamadas de aquíferos. O objetivo é criar uma agenda nacional para a gestão integrada dos recursos hídricos subterrâneos e de superfície.

Na mira estão os Aquíferos Açu, Urucuia, Jandaíra e as águas subterrâneas da Amazônia. O Aquífero Guarani, o mais estudado, tem um plano específico voltado para as áreas metropolitanas, sob as quais ele se encontra.

A reportagem é de Karina Ninni e publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 26-10-2011.

Segundo a ANA, 39% dos municípios brasileiros - ou 2.153 cidades - são integralmente abastecidos por águas subterrâneas, enquanto 14% também usam águas superficiais. O restante depende das superficiais, mas a pressão sobre elas aumenta a importância das que estão no subsolo.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Cadastre-se

Quero receber:


Refresh Captcha Repita o código acima:
 

Novos Comentários

"A produção do fumo também faz mal aos agricultores, que hoje recebem grande renda, mas amanhã es..." Em resposta a: Políticas antifumo impactam cultura do tabaco no Brasil
"Apoio incondicionalmente Francisco, o Bispo de Roma. Lembro-agora do Cardeal Martini quando question..." Em resposta a: Signatários de documento crítico à "Amoris laetitia" são revelados
"Muito bom o artigo sobre a gestão de Fernando Haddad.
Apreciei, especialmente, as menções so..." Em resposta a: Por que reeleger Haddad

Conecte-se com o IHU no Facebook

Siga-nos no Twitter

Escreva para o IHU

Adicione o IHU ao seus Favoritos e volte mais vezes

Conheça a página do ObservaSinos

Acompanhe o IHU no Medium