Lobão fará tour nos EUA para defender Belo Monte

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Irã. A história política do país persa, xiita e anti-imperialista

    LER MAIS
  • Com acusação de ambientalistas que trabalham na proteção da Amazônia, "o medo está instalado", diz Libération

    LER MAIS
  • “Do fundo do nosso coração” é um “de profundis”. Ou seja, o Concílio Vaticano II não é opcional

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

24 Setembro 2011

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) vai aos EUA na próxima semana para defender a construção de usinas hidrelétricas, sobretudo a de Belo Monte.

A reportagem é de Sofia Fernandes e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 24-09-2011.

Ele viaja hoje à noite para Nova York, onde cumprirá agenda em universidades e com empresários.

Os compromissos fazem parte de estratégia de contraponto do governo brasileiro às campanhas de ONGs internacionais contra Belo Monte.

Além de palestras sobre o modelo energético brasileiro, Lobão vai fazer uma defesa da maior e mais controversa hidrelétrica nacional.

Será a primeira vez que o ministro enfrentará pessoalmente a opinião pública de entidades e centros acadêmicos americanos, históricos oponentes ao projeto.

Neste ano, por exemplo, a CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos), braço da OEA (Organização dos Estados Americanos), com sede em Washington, recomendou que o Brasil suspendesse as obras da usina.

Entidades americanas, como a Amazon Watch, também são contrárias à obra.

A usina, que conseguiu licença prévia de construção do Ibama mesmo com parte das condicionantes não cumpridas, terá 11.200 MW de potência instalada.

É a principal aposta para a segurança energética do país num cenário de manutenção do crescimento econômico. A usina deverá iniciar a produção de energia em 2015.

Na segunda-feira, Lobão apresentará conferência sobre política energética brasileira na Universidade de Columbia. Em sua fala, está a defesa das fontes renováveis para produção de energia.

Ele vai apresentar o vídeo "O Brasil e a nova geração de hidrelétricas", que mostra as usinas como "modelo para o mundo", que "preservam o ambiente e promovem desenvolvimento humano".

Na quarta-feira, falará sobre energia e mineração na Valley Utah University, onde também receberá o título de "professor honorário".

Em seguida, Lobão vai falar na Câmara do Comércio de Salt Lake City.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lobão fará tour nos EUA para defender Belo Monte - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV