Lefebvrianos: uma oferta do Vaticano para a reconciliação

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispo brasileiro diz que ordenará mulheres ao diaconato se papa permitir

    LER MAIS
  • Príncipe Charles e Bolsonaro: as duas faces da “diplomacia” dos santos

    LER MAIS
  • “Não dá para ser uma Igreja de decisões tomadas apenas por homens”. Entrevista com o Cardeal Hollerich, jesuíta

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Setembro 2011

A Santa Sé está pronta para chegar a uma plena reconciliação com os tradicionalistas lefebvrianos, desde que estes aceitem os conteúdos de um breve "Preâmbulo doutrinal": é o que foi revelado sobre o encontro que ocorreu na manhã de hoje no Vaticano entre o cardeal William Levada, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e Dom Bernard Fellay, superior da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, fundada por Dom Lefebvre.

A reportagem é de Alessandro Speciale, publicada no sítio Vatican Insider, 14-09-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Uma proposta tentadora para os tradicionalistas, que, em troca da aceitação daquela que é definida como a "base fundamental" para uma "eventual e desejada reconciliação", seriam acolhidos novamente na Igreja Católica com a fórmula da "prelazia pessoal" – uma estrutura canônica que até hoje só é desfrutada pelo Opus Dei, não ligada a um território específico e livre da supervisão dos bispos locais e da conferências episcopais.

O "Preâmbulo doutrinal" oferecido hoje aos lefebvrianos é um texto sintético, de duas ou três páginas, que reafirma os princípios fundamentais da fé católica necessários para manter a unidade da Igreja. Seu conteúdo, no entanto, disse o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, está destinado a permanecer secreto.

Em uma nota, a Sala de Imprensa da Santa Sé se limita a explicar que o texto "enuncia alguns princípios doutrinais e critérios de interpretação da doutrina católica, necessários para garantir a fidelidade ao Magistério da Igreja e o "sentire cum Ecclesia"", mas deixa "à legítima discussão o estudo e a explicação teológica de expressões individuais ou formulações presentes nos documentos do Concílio Vaticano II e do Magistério posterior".

O "Preâmbulo doutrinal" não parece conter, portanto, uma exigência explícita de "pleno reconhecimento do Concílio e do magistério de João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II e do próprio Bento XVI", como foi afirmado pela Secretaria de Estado em uma nota de dezembro de 2009.

O encontro desta manhã ocorre depois de dois anos de discussões doutrinais que permitiram "esclarecer as respectivas motivações e as relativas motivações", destaca a Sala de Imprensa do Vaticano. O diálogo da Santa com os lefebvrianos havia sido reiniciado em 2009 pelo Papa Bento XVI com a sua decisão de cancelar a excomunhão aos quatro bispos tradicionalistas, incluindo o polêmico bispo Richard Williamson, que, em uma entrevista, havia negado o Holocausto.

Segundo o padre Lombardi, as conversas desta manhã foram "corteses" e "vivazes". A resposta dos lefebvrianos ao documento vaticano é esperada dentro de alguns meses.

A oferta do Vaticano, explica a Sala de Imprensa vaticana, leva em conta "as preocupações as instâncias apresentadas" pelos lefebvrianos "com relação à guarda da integridade da fé católica" diante daquela que o Papa Bento XVI, em seu discurso à Cúria Romana do dia 22 de dezembro de 2005, chamou de "hermenêutica da ruptura do Concílio Vaticano II com respeito à Tradição", ou seja, uma interpretação do Concílio que o colocava em contraposição com a história milenar da Igreja.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lefebvrianos: uma oferta do Vaticano para a reconciliação - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV