"Portugal contra Moody’s". Campanha acontece nessa segunda-feira

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Padres despedaçados. Artigo de Pietro Parolin

    LER MAIS
  • Na igreja do Papa Francisco, os movimentos estão parando

    LER MAIS
  • Abusos, sínodo e a falsa prudência

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


09 Julho 2011

A agência de classificação de risco Moody`s rebaixou o rating da dívida de Portugal para o nível especulativo, também denominado junk (lixo, em tradução literal). A classificação da agência despertou a ira dos portugueses.

Ana Luísa Janeira, filósofa, professora Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, é uma das organizadoras de uma campanha contra a agência Mody’s que propõe retirar do ar os servidores da agência do ar durante o pregão da bolsa de valores de Nova York nessa segunda-feira, dia 11 de julho.

Eis a convocatória de Ana Luísa Janeira.

Resposta de Portugal à Moodys

Já todos sabemos que o nosso Portugal está a ser alvo da Moodys (e outras, mas esta mais recentemente), sem reais avaliações e desrespeitando o esforço que os portugueses estão a fazer para ultrapassar este bocado!

A ideia é simples... querem guerra? Pois não sabem com que povo se estão a meter... vamos retaliar como podemos, dentro das nossas capacidades!

Comecemos pela internet... Um servidor web tem uma capacidade máxima de resposta. Raro é um servidor web que suporta mais de 3000 conexões em simultâneo!

Posto isto, vamos provocar o que tecnicamente se chama de "Distributed Denial of Service (DDos)". Consiste numa simultânea conexão ao site da moodys de vários milhares de computadores. Isso provocará um bloqueio na resposta do servidor, deixando de ter capacidade para responder. Geralmente bloqueia o servidor web e muitas vezes obriga a um reinicio do sistema todo.

A prática é muito muito simples... à mesma hora, todos abrirmos o endereço http://www.moodys.com/ e fazermos uns quantos refreshs (actualizar) durante 3/4 minutos, de modo a cruzar os relógios de toda a gente.

Agora imaginem provocar uma inoperabilidade dos servidores web durante as horas de abertura da bolsa de nova iorque... em que a web, o e-mail e outras ferramentas asseguradas pelo servidor web são importantes!

Já sabem... a cada hora em ponto, segunda feira, dia 11 de julho, entre as 15h00 (10am em NY) e as 21h00 (4pm em NY) vamos visitar o website da moodys e actualizá-lo inúmeras vezes durante uns minutos!!

Contra os canhões, marchar, marchar!!!

Para participar desde o Brasil

Para participar da campanha no Brasil simultaneamente os acessos devem ser feitos entre às 11hs e 17hs.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

"Portugal contra Moody’s". Campanha acontece nessa segunda-feira - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV