Secretário-geral do CMI inicia semana de visita ao país

Revista ihu on-line

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

Mais Lidos

  • Agrotóxicos proibidos na Europa são campeões de vendas no Brasil

    LER MAIS
  • A tragédia de Campinas e a suspensão do Estatuto do Desarmamento. Nada muda, segundo Onyx Lorenzoni

    LER MAIS
  • “Risadaço” cala americanos em Katowice

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

13 Junho 2011

O pastor norueguês Olav Fykse Tveit, secretário geral do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), desembarca nesta terça-feira, 14, em São Paulo, para seis dias de intensa agenda.

A informação é de Marcelo Schneider e publicada pela Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC), 13-06-2011.

No mesmo dia de sua chegada, Tveit e o pastor luterano brasileiro Walter Altmann, moderador do Comitê Central do CMI, estarão no auditório da sede da Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR-3), para o repatriamento do acervo do projeto Brasil: Nunca Mais.

Durante a visita ao Brasil, Tveit estará acompanhado, além de Altmann, de uma delegação formada pela pastora cubana Ofelia Ortega, uma das sete presidentes regionais do CMI, por Elias Crisóstomo Abramides, ortodoxo grego da Argentina, e Carlos Emilio Ham, também de Cuba, responsável pelas relações institucionais do Conselho com igrejas e conselhos da América Latina.

A delegação participará do encontro das famílias confessionais do Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI), que reunirá mais de 50 representantes das igrejas-membro deste órgão regional, no Instituto Salesiano Pio XI, em São Paulo, dias 14 a 16.

Tveit e Altmann vão ser reunir com a junta diretiva do CLAI, na tarde de quinta-feira, 16, para abordar assuntos relativos à incidência ecumênica pela defesa dos Direitos Humanos na Colômbia.

Também estarão na pauta a próxima assembleia do CLAI, em 2012, a educação teológica e a formação ecumênica na América Latina e as novas realidades no movimento ecumênico a partir da formação da ACT Aliança.

Na sexta-feira, 17, a delegação do CMI terá encontro com representantes do Fórum Ecumênico Brasil (FE Brasil), que é o fórum nacional da ACT Aliança no Brasil, e do Processo de Articulação e Diálogo (PAD), que reúne representantes de diferentes organizações e agências do Norte e do Sul que atuam no Brasil.

Na pauta, a estrutura singular do FE Brasil, que, além das organizações filiadas à ACT Aliança, reúne, também, igrejas, conselhos de igrejas e outras organizações que não são membros plenos da Aliança.

O grupo tratará, ainda, dos preparativos para uma coalizão ecumênica na Rio +20, conferência da ONU sobre mudanças climáticas, que acontece, no ano que vem, no Rio de Janeiro, e a criminalização dos movimentos sociais no Brasil.

Na tarde do mesmo dia, a delegação inicia visitas a iniciativas e projetos das igrejas-membro do CMI no Brasil, começando no centro da cidade de São Paulo, onde a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) desenvolve um programa de inclusão e resgate de cidadania para sem-tetos e indigentes.

Depois, Tveit e a delegação seguem para o campus Rudge Ramos, da Universidade Metodista (UMESP), para uma visita à Faculdade de Teologia, onde participarão de painel de debate com o corpo docente e discente sobre o CMI e o movimento ecumênico hoje.

Projetos da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB), da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB), da Igreja Presbiteriana Unida (IPU) e da Igreja Ortodoxa Antioquina estão na agenda da delegação no sábado, dia 18.

A visita do secretário geral do CMI ao Brasil termina na manhã do dia 19, domingo, quando pregará em culto ecumênico a ser realizado na Primeira Igreja Presbiteriana de São Paulo. O templo é histórico para a IPIB, que é a igreja-membro mais nova do CMI no Brasil (filou-se em 2008).

Não é a primeira vez que Tveit vem ao Brasil. Como encarregado das relações ecumênicas da Igreja da Noruega, esteve duas vezes em visita a IECLB, igreja parceira da irmã confessional norueguesa. A última foi em 2006, após a 9ª Assembleia do CMI, em Porto Alegre, da qual também participou.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Secretário-geral do CMI inicia semana de visita ao país - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV