Relatório sobre visitação às religiosas dos EUA deve ser enviado até o final do ano

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Instrumentum Laboris do Sínodo para a Amazônia, um novo passo de “um 'kairós' para a Igreja e o mundo”

    LER MAIS
  • “Minha filha trans e católica é uma prova viva de como o Vaticano está errado em relação ao gênero”

    LER MAIS
  • Anule-se tudo que aconteceu a partir da criação da Lava Jato

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

07 Junho 2011

Mais de 400 relatórios sobre o estado das congregações religiosas femininas com sede nos Estados Unidos serão enviados ao Vaticano até o final do ano pela visitadora apostólica que supervisiona um longo estudo sobre a vida religiosa norte-americana.

A reportagem é da revista dos jesuítas dos EUA, America, 06-06-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

A madre Mary Clare Millea, superiora geral das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus e visitadora apostólica indicada pelo Vaticano, disse ter começado a compilar os relatórios em setembro, com o objetivo de completá-los até o dia 31 de dezembro.

Os relatórios – a quarta e última etapa do processo de visitação – vai resumir as informações obtidas de múltiplas fontes, incluindo as 90 visitas in loco às comunidades religiosas, que concluíram em dezembro, disse. Madre Clare também pretende enviar um relatório separado, oferecendo uma visão geral da vida religiosa dos EUA à Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica do Vaticano.

Alguns dos 405 relatórios incluirão comentários de membros individuais das congregações religiosas, que fizeram observações e comentários fora das visitas oficiais, disse Madre Clare. "Nós temos algumas", disse, quando questionada sobre quantas respostas individuais foram recebidas. "Algumas foram muito interessantes", acrescentou Madre Clare, sem dar maiores detalhes.

As respostas a um questionário enviado às congregações no final de 2009, assim como as informações que a Madre Clare obteve em discussões e correspondências anteriores com as superioras das comunidades religiosas também serão incluídas nos relatórios.

A visitação foi iniciada em janeiro de 2009 pelo cardeal Franc Rodé, que se aposentou, para saber por que o número de membros das comunidades religiosas femininas nos EUA havia diminuído desde o final dos anos 1960. A visitação também buscou examinar a qualidade de vida das comunidades de aproximadamente 67.000 religiosas.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Relatório sobre visitação às religiosas dos EUA deve ser enviado até o final do ano - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV