Após série de crimes, mais um morador de rua é morto em AL

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • O psicanalista analisa o "vazio de sentido". "A técnica domina, a política não decide, os jovens consomem e ponto". Entrevista com Umberto Galimberti

    LER MAIS
  • ''Estamos vendo o início da era da barbárie climática.'' Entrevista com Naomi Klein

    LER MAIS
  • Necropolítica Bacurau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

28 Abril 2011

O morador de rua Tiago José da Silva foi morto a pedradas na madrugada de ontem em Maceió. No ano passado, 32 moradores de rua foram mortos na capital alagoana, segundo a Arquidiocese de Maceió. Para a Secretaria da Defesa Social, foram 24.

A reportagem é de Sílvia Freire e Matheus Magenta e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 29-04-2011.

A Polícia Civil de Alagoas está em greve e, por isso, não se sabe quando o caso começará a ser investigado.

Silva e a mulher, Verônica, eram atendidos pelo Projeto Guardião, que dá assistência aos moradores de rua de Maceió. Segundo o programa, eles se recusavam a deixar a rua. Os dois chegaram a ser encaminhados para a cidade de origem deles, no interior do Estado, onde tinham familiares, mas voltaram para a capital alagoana.
Silva trabalhava como catador de latinhas.

Segundo a Polícia Civil do Estado, não há um levantamento do número de moradores de rua mortos em 2011. As mortes são investigadas separadamente.

SALVADOR

Também na madrugada de ontem, dois moradores de rua foram mortos a facadas no bairro de Itapuã, em Salvador. Nenhum suspeito foi preso até a noite de ontem.

Segundo a PM, os homens, com idades entre 60 e 70 anos, foram feridos no tórax, nas costas e no abdome.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Após série de crimes, mais um morador de rua é morto em AL - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV