O que estamos aprendendo com as revoluções do século XXI

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolsonaro é retratado como criminoso de guerra em vídeo sobre Amazônia

    LER MAIS
  • É desumano continuar a morrer sozinhos. E não digam que não poderia ter sido feito de outra forma

    LER MAIS
  • A vacina não é um bem comum

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


17 Fevereiro 2011

O que estamos aprendendo com algumas das características destas revoluções do século XXI. Segundo Horace Campbell, professor e escritor, em artigo reproduzido pelo sítio Outras Palavras, 09-02-2011, as características mais importantes que até agora se destacam são:

1. As revoluções são feitas por pessoas comuns, independentemente de partidos de vanguarda e de revolucionários autoproclamados.

2. O caráter das redes de redes sociais independentes e a sofisticação das ferramentas da revolução.

3. A liderança das pessoas comuns que se automobilizaram para a revolução.

4. A construção de uma não-violência revolucionária para autodefesa.

5. As idéias revolucionárias do povo, cujo objetivo final é ser seres humanos dignos e não robôs nem fanáticos de ditadores.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O que estamos aprendendo com as revoluções do século XXI - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV