Alto teor de enxofre fere a saúde

Revista ihu on-line

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

12 Fevereiro 2011

Na Europa e no Japão já se usa um diesel com 10 partes por milhão (ppm) de enxofre. Aqui no Brasil, porém, usa-se um diesel muito mais poluente.

A reportagem é de Afra Balazina e publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 11-02-2011.

O material particulado que sai dos caminhões, por exemplo, irrita olhos, nariz e garganta, além de provocar tosse seca e cansaço nas pessoas. E quem já sofre com doenças pulmonares e cardiovasculares corre o risco de ter infarto do miocárdio e morrer prematuramente.

Até 2008, as regiões metropolitanas tinham um diesel com 500 ppm de enxofre e, no interior, usava-se diesel com 1,8 mil ppm. Uma norma do Conama obrigava que no Brasil todo fosse oferecido o diesel 50 ppm em 2009, o que não ocorreu. Por meio de um acordo entre governos, Ministério Público, montadoras e Petrobrás, ficou decidido que o diesel mais limpo seria introduzido gradualmente.

Segundo a Petrobrás, a partir de janeiro de 2012 o diesel com 50 ppm de enxofre será distribuído em postos selecionados de todo o País - para uso nos veículos novos. E, em 2013, passará a ser fornecido o diesel com 10 ppm. Veículos produzidos até 2011 continuarão a ser abastecidos com diesel mais poluente.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Alto teor de enxofre fere a saúde - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV