Governo acreditou na capacidade de propagar lorotas, e programa de empregos atolou

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco: “O que o Evangelho nos pede é ser povo de Deus, não elite de Deus”

    LER MAIS
  • “Eu fui nomeado o quê? Um carnaval” – a surpresa de um padre de 80 anos

    LER MAIS
  • “Não gosto da roupagem que colocam em nós cardeais, é cara e de príncipe”. Entrevista com o novo cardeal mexicano Felipe Arizmendi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


16 Dezembro 2019

Planejaram aumentar a arrecadação fingindo que gerariam empregos e deram com os burros n'água.

A informação é de Elio Gaspari, jornalista, publicada por Correio do Povo, 14-12-2019.

No anedotário de Brasília chama-se o Palácio do Planalto e seus salões de “Cabo Canaveral”. Serve de base para lançamentos de programas e de projetos. Em novembro, Bolsonaro e Paulo Guedes lançaram o Emprego Verde e Amarelo.

Com esse foguete seriam criados 1,8 milhão de empregos formais até 2022. Seu primeiro estágio, conceitual, explodiu quando se percebeu que um programa destinado a gerar empregos taxaria os desempregados.

O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, em cerimônia de assinatura da MP (Medida Provisória) do 13° salário para os beneficiários do programa Bolsa Família e de recursos para obras da Irmã Dulce, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF) - Pedro Ladeira - 15.out.2019/Folhapress

O segundo estágio explodiu quando a Instituição Fiscal Independente do Senado, a IFI, mostrou que a tunga arrecadaria R$ 12,7 bilhões no andar de baixo. Se tudo desse certo, a renúncia fiscal oferecida às empresas ficaria em R$ 11,3 bilhões.

O terceiro estágio explodiu quando apareceu uma nota técnica do Ministério da Economia informando que o efeito real do programa poderia ser a criação de 271 mil empregos.

Os çábios de Paulo Guedes dizem que o descrédito decorre de um problema de comunicação. Isso é o mesmo que atribuir à má qualidade das tropas romenas o desastre alemão na batalha de Stalingrado. O Emprego Verde e Amarelo atolou porque a ekipekonômica acreditou na sua capacidade de propagar lorotas. A taxação dos desempregados seria uma “inclusão previdenciária”. Tudo bem, bastaria que fosse opcional. Se essa ganância prosseguir, vão taxar quem vive de bico.

Planejaram aumentar a arrecadação fingindo que gerariam empregos e deram com os burros n’água. Esse é um velho hábito da turma de Cabo Canaveral. Como às vezes os truques funcionam, os mágicos passam a acreditar nas próprias astúcias e o preço disso acaba sendo o descrédito da ekipe.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governo acreditou na capacidade de propagar lorotas, e programa de empregos atolou - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV