Cerrado em risco. Assista à webserie

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Os três movimentos de Francisco

    LER MAIS
  • Papa Francisco mira na imprensa e cultura da “pós-verdade” em discurso aos movimentos populares

    LER MAIS
  • COP26, estrada difícil: aqui estão os documentos que comprovam a resistência aos empenhos climáticos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Junho 2019

Documentário retrata as belezas do Cerrado e o drama de populações tradicionais que convivem com a expansão devastadora do agronegócio na região do Matopiba

A reportagem é de Rosana Villar, publicada por Greenpeace, 04-06-2019.

O Matopiba é, atualmente, uma das principais frentes de expansão do agronegócio no Brasil, com altos índices de produção e, também, de desmatamento. Mas junto com o crescimento econômico acelerado da região que envolve os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, aparecem também uma série de contradições e desafios quanto ao desenvolvimento social.

Mas será verdade que a perda de vegetação nativa e a ameaça aos direitos das comunidades tradicionais são o inevitável “custo do progresso”? O relatório Segure a Linha, fruto do estudo coordenado pelo Professor Arilson Favareto, da Universidade Federal do ABC (UFABC), mostra que, apesar esta ser a realidade, não precisa ser assim.

Resultado cerca de 150 entrevistas com lideranças de todos os setores e de mais de 7 mil km percorridos em toda a região, com destaque para os municípios campeões na produção de soja, o estudo mostra que os efeitos positivos desta atividade econômica são muito localizados e concentrados.

Dando voz a trabalhadores rurais e lideranças do campo social atuando neste território, o Greenpeace apresenta uma série de três vídeos que mostra o outro lado desta moeda de expansão acelerada e “a qualquer custo” do agronegócio no Cerrado.

Os vídeos chegam em um momento crítico para o Brasil, onde o País volta a questionar o valor da preservação dos recursos naturais em oposição a um suposto ganho econômico de curto prazo proporcionado pela manutenção de um modelo de desenvolvimento pouco diverso e extremamente excludente. Não se trata de dizer que tudo de ruim se deve ao agronegócio, mas de chamar atenção para o fato do Brasil ser tão dependente de um setor que cobra tamanho custo ambiental.

Assista agora

 Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cerrado em risco. Assista à webserie - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV